Ricardo Gomes pode ser demitido do Bordeaux a qualquer momento, diz jornal

Sem qualquer explicação oficial até o momento por parte do clube francês, o diário diz que o brasileiro já tem conhecimento do que irá acontecer nas próximas horas.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Ricardo Gomes pode ser demitido a qualquer hora do cargo de gerente geral do Bordeaux, diz jornal francês “L’Èquipe”. Os motivos que poderão levar o clube a tomar essa decisão não foram revelados.

Ricardo Gomes que chegou ao clube para substituir primeiramente o então técnico Gustavo Poyet foi colocado como gerente geral do clube por não possuir os diplomas necessários da UEFA para a profissão – para o cargo de treinador, o Bordeaux então colocou Eric Bédouet. Com o time fazendo uma campanha irregular, onde ocupa a modesta 13ª colocação no Campeonato Francês, com 32 pontos, em 26 rodadas, a direção do clube parece que tentará de uma forma ou outra, dar uma mexida nos bastidores do clube e também no time e aí que a demissão do brasileiro poderá ocorrer.

Ricardo Gomes - dirigente do Bordeaux.Ricardo Gomes - dirigente do Bordeaux que pode deixar o cargo a qualquer momento, segundo jornal francês.

Segundo o diário francês, o brasileiro tomou conhecimento da provável demissão através da matéria publicada por eles, nesta terça-feira, uma vez que o Bordeaux ainda não se manifestou de forma oficial a respeito do assunto.

A demissão de Ricardo Gomes do cargo de gerente geral do Bordeaux deverá mais provavelmente ocorrer – se confirmar a informação do jornal “L’Èquipe”, na manhã desta próxima quarta-feira, com o anúncio oficial por parte da direção.

Vale lembrar que o agora dirigente treinou o clube francês entre os anos de 2005 a 2007 – naquela época não eram exigidos tais diplomas da entidade máxima do futebol no continente para exercer tal função. Como jogador, o ex-zagueiro defendeu na França, o Paris Saint-Germain, onde é ídolo também.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal