Jair Ventura é o "ficha 1" para assumir o cargo de treinador do Botafogo

Para tentar convencer o treinador a aceitar a proposta, o presidente botafoguense – Nelson Mufarrej conta com a ajuda do pai do treinador – o ex-jogador Jairzinho.

Por
Compartilhe

Jair Ventura pode estar voltando ao comando técnico do Botafogo – isso mesmo, o ex-técnico do Santos e do próprio Botafogo há alguns meses atrás está em uma lista com quatro nomes que poderão assumir a vaga aberta após a demissão do técnico Marcos Paquetá.

Jair Ventura - treinador sem emprego no momento.Jair Ventura - treinador sem emprego no momento.

Além de Jair Ventura, Zé Ricardo, Fabiano Soares e Fernando Diniz estão na mira do clube carioca para assumir o cargo de treinador do time alvinegro. Em quanto não fecham nenhum acordo com algum nome da lista acima, Bruno Lazaroni é quem ficará encarregado de treinar o time principal do Botafogo.

De acordo com as últimas informações vindas diretamente da sede do clube carioca, a direção não tem pressa em fechar com um nome, para não cometer erros e assim acabar se atrapalhar no andamento do Brasileirão.

Como já declaramos, Jair Ventura (recém demitido do Santos) aparece como o grande favorito. O mesmo já foi sondado pelo clube, mas declinou a oferta, pois teme ficar com sua imagem ligada somente ao clube, entretanto, ele é visto pela direção como solução por conhecer bem parte do elenco e ainda por contar com o respeito por parte dos jogadores – Jair ainda é conhecedor dos problemas e das dificuldades do clube. Para tentar convencer o treinador a aceitar a proposta, o presidente botafoguense – Nelson Mufarrej conta com a ajuda do pai do treinador – o ex-jogador Jairzinho.

Caso Jair Ventura não aceite de forma alguma a proposta do clube, o Botafogo tem Zé Ricardo como segunda opção. Sem clube atualmente, o ex-treinador do Flamengo e Vasco por sua vez teme ficar ligado somente aos clubes cariocas e ainda aguarda por uma proposta do futebol árabe. Os outros dois nomes na lista estão em compasso de espera.

O Botafogo volta a campo no próximo domingo, quando encara o Santos pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, às 16h.

Comentários