E a novela que parecia ter se findado, teve um capítulo à parte nesta semana - falo de Gustavo Scarpa, que viu sua liminar ser derrubada pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro nesta última tarde de quinta-feira; com isso o jogador passa a novamente ter vínculo com o Fluminense e fica proibido de atuar pelo Palmeiras.

Gustavo Scarpa, Palmeiras e CBF devem ser comunicados oficialmente da decisão nesta manhã de sexta-feira. De um total de nove desembargadores, o recurso impetrado pelo Fluminense foi aceito em seção de dissídios individuais do Tribunal Regional do Trabalho, no Rio de Janeiro - o placar favorável ao clube carioca foi de 5 a 4.

 

Vale salientar que essa decisão não é a definitiva - cabe recurso e o caso agora irá a trâmite normal na 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Aguardando o desenrolar do caso, a direção do Palmeiras preferiu não se manifestar oficialmente. Scarpa que está no "Verdão" desde que conseguiu sua liberação do "Tricolor das Laranjeiras", treinou normalmente nesta última quinta-feira no CT do clube paulista.

Diferentemente da direção do Palmeiras, a do Fluminense se manifestou dizendo que entende que sem a liminar favorável ao atleta, o clube fica fortalecido para tentar um acordo entre o jogador e o clube paulista. Fluminense já vinha tratando sobre uma compensação junto ao Palmeiras.