Com belíssimos trabalhos de marketing e investimentos bilionários, clubes do "Velho Continente" têm alcançado cada vez mais cifras "absurdas" e assim vêm se tornando mais poderosos em valores de mercado.

Estudo do CIES

De acordo com o Observatório do Futebol CIES, três clubes europeus alcançaram a marca do "bilhão" em valores de seus elencos; são eles: Manchester City, Manchester United e Chelsea.

Manchester City

Os "citizens" lideram esse ranking, onde nos últimos anos alcançou a marca de 1,3 bilhão de euros - algo em torno de R$ 8,7 bilhões.

Manchester United

Os "reds devils" com 1,161 bilhão vem logo em seguida neste ranking, que conta com três clubes ingleses entre os três primeiros lugares.

Chelsea

Logo atrás dos dois "Manchesters", aparece os "Blues"; sim, o Chelsea nos últimos anos atingiu a marca de 1,115 bilhão de euros - algo em torno de R$ 7,5 bilhões.

No geral, esse mesmo ranking tem uma predominância europeia, com times da Premier League, LaLiga e Bundesliga, com a Juventus sendo o único italiano entre os demais; a "Velha Senhora" aparece na sétima colocação, tendo seu elenco avaliado em 829 milhões de euros - algo na casa de R$ 5,5 bilhões.

Confira abaixo o "TOP 10" do ranking da CIES:

Valor de cada elenco

1º - Manchester City - R$ 8,7 bilhões

2º - Manchester United - R$ 7,8 bilhões

3º - Chelsea - R$ 7,5 bilhões

4º - Barcelona - R$ 6,6 bilhões

5º - Liverpool - R$ 6 bilhões

6º - Real Madrid - R$ 5,6 bilhões

7º - Juventus - R$ 5,5 bilhões

8º - Atlético de Madrid - R$ 5,3 bilhões

9º - Bayern de Munique - R$ 5,2 bilhões

10º - Borussia Dortmund - R$ 5,1 bilhões

O Paris Saint-Germain, um dos gigantes da Europa e atual vice-campeão da Champions League ocupa apenas a 15ª colocação neste ranking, com seu elenco sendo avaliado em 603 milhões de euros - cerca de R$ 4 bilhões.