Grandes emoções marcaram os jogos da Copa do Brasil

Nesta última quarta-feira, a Copa do Brasil deu sequência a competição, com os jogos de volta das quartas de finais.

Por
Compartilhe

Nos jogos da última noite, o Botafogo recebeu no Engenhão, o time do Atlético Mineiro, precisando vencer a partida para avançar na competição, uma vez que havia perdido em Minas por 1 a 0 e foi exatamente isso que aconteceu. O time da casa não teve dó dos visitantes, ao aplicar uma goleada de 3 a 0, assim conseguindo a classificação para a semi-final da Copa do Brasil. Os gols foram de Carli, Roger e Gilson.

Já em Minas Gerais, mais emoções eram aguardadas para a noite, como no primeiro jogo, Palmeiras e Cruzeiro fizeram um excelente jogo ao empatarem em 3 a 3 na Allianz Arena. No Mineirão não foi diferente no segundo jogo, os times empataram em 1x1. Com mais de 44 mil pagantes, o Palmeiras não se intimidou e aos 25 minutos do segundo tempo, com gol de Keno, abriu o placar para o Verdão. A Raposa precisando um gol apenas para se classificar, pois o empate até 2 a 2 era favorável a ela. Foi para cima e ao melhor estilo “centroavante” um personagem se destacou, falo do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Cruzeiro, que já é conhecido por dar muitas assistências ao ataque. Ele não se intimidou com o placar contra e o camisa 6 cruzeirense cabeceou com força após receber um cruzamento preciso do meia Alisson, marcando o gol de empate do Cruzeiro, aos 40 minutos da etapa final. Com o empate em 1 a 1, mais o empate em 3 a 3 fora de casa, o Cruzeiro segue para a próxima fase graças ao regulamento da Copa do Brasil, que valoriza os gols marcados fora.

Leia também:

Em um jogo “doido” na Vila Belmiro, o time da casa recebeu o Flamengo - que havia vencido a primeira partida no Estádio Luso-Brasileiro, pelo placar de 2 a 0. O Santos precisava reverter o placar para seguir adiante na competição e quase conseguiu, venceu, mas não levou pelo placar agregado. Sem mostrar organização tática, os torcedores do rubro-negro pediam há todos instante a demissão do técnico Zé Ricardo. Mesmo com o jogo estando ao seu favor por duas vezes, não foi fácil garantir a classificação.

Mesmo com a panela de pressão que virou a Vila Belmiro, o time carioca foi quem abriu o placar aos 9 minutos do primeiro tempo, com um ótimo lançamento de Diego para o atacante Berrío, que correu em direção ao gol e ao entrar na área, chutou rasteiro sem chances para Vanderlei, goleiro do Santos. Com o placar adverso, o time da baixada santista demorou um pouco para se reorganizar, mas assim que conseguiu, com muita pressão, o empate saiu; aos 33 minutos do primeiro tempo, Bruno Henrique marcou um golaço no ângulo, empatando a partida.

David Braz foi um dos personagens da noiteDavid Braz foi um dos personagens da noite

Com o Santos em cima, tentando a virada, o lance mais polêmico do confronto aconteceu aos 40 minutos da etapa inicial, quando Bruno Henrique recebeu um cruzamento e com a bola no pé, em cima da risca da grande área, caiu após ser desarmado pelo zagueiro Réver. O pênalti foi marcado por Leandro Vuaden, árbitro da partida. A torcida enlouqueceu, mas alguns segundos após a marcação do pênalti, o quarto árbitro, Flávio Rodrigues de Souza chamou o juiz e o avisou que Réver tinha primeiro tocado na bola, com isso Vuaden voltou atrás e cancelou a penalidade. Foi aí que a encrenca começou; os jogadores do Santos se revoltaram e foram pra cima do juiz, mas o jogo prosseguiu.

David Braz chegou a dizer que o Árbitro só faltou ter uma camisa do FlamengoDavid Braz chegou a dizer que o Árbitro só faltou ter uma camisa do Flamengo 

Logo no início da segunda etapa, no primeiro minuto, o Flamengo marcou seu segundo gol com Guerrero; o Santos continuou pressionando e logo após, aos 8 minutos, o atacante Copete em uma cobrança de escanteio, cabeceou forte no canto esquerdo de Muralha, empatando o jogo. Dois minutos depois, o Santos voltou a marcar e assim virando a partida, com gol de Victor Ferraz.

Esse resultado de 3 a 2 não daria a classificação ao time da casa e sabendo disso o Flamengo catimbou. Já nos acréscimos, o Santos ainda marcou mais um gol, o quarto do time santista, mais um de Copete, mas com a soma dos dois jogos e com os gols marcados fora de casa, o Flamengo conseguiu seguir adiante na Copa do Brasil, chegando assim a semi-finais.

O último jogo das quartas de finais acontecerá nesta quinta-feira, as 21h45, na Arena da Baixada, onde o Atlético Paranaense precisará de um milagre em sua casa para seguir adiante na Copa do Brasil, uma vez que foi goleado pelo Grêmio no primeiro jogo, na Arena Gremista, pelo placar de 4 a 0.

Comentários