Praticamente fora do Sport Club Internacional, Rodrigo Caetano - executivo de futebol poderá em 2021 assumir o mesmo papel hoje desempenhado no time gaúcho, no São Paulo. Com contrato até dezembro de 2021 no Inter, Caetano ainda não sabe se permanecerá no Colorado, uma vez que o clube em questão terá eleição para presidente no próximo dia 15 de dezembro e o nome do executivo de futebol não tem garantida a permanência a frente da pasta.

Caetano no São Paulo

Sem ter sido procurado por nenhum dos dois candidatos que concorrem à eleição no próximo dia 15 de dezembro - onde os sócios elegerão o próximo presidente do Inter para os anos de 2021 a 2023; outro nomes já começam a ser levantados nos bastidores do Beira-Rio.

Por outro lado; aqui falando pelos lados do São Paulo, o nome de Rodrigo Caetano é sim citado por um dos candidatos a eleição presidencial do Tricolor Paulista - falamos do candidato Julio Cesares, segundo informações trazidas em primeira mão pela "Revista Colorada" e confirmada pelo site "Terra".

Divergências entre Coudet e Caetano

A saída de Rodrigo Caetano do Inter começou a ganhar corpo ainda quando Eduardo Coudet comandava o time colorado e quando esse cobrava o dirigente em questão por mais reforços, acreditando que o elenco formado pelo executivo de futebol não era o suficiente para a sequência da temporada e para esse seguir brigando pelo topo da tabela; algo que hoje vemos como realidade. A falta de esforços por parte da direção fez com que o técnico argentino abandonasse "a barca" no último mês rumo ao futebol espanhol, deixando o executivo no "olho do furacão" e onde desde a chegada de Abel Braga só se intensificou as cobranças.

Imagem de capa: redes sociais.