Após comemorar seu gol de maneira estranha diante da torcida do Barcelona, na vitória sobre o Manchester United por 3 a 0, pela Champions League e ter deixado a sua situação com a torcida um tanto quanto delicada - os jornais espanhóis apontam para uma possível saída de Philippe Coutinho para o Chelsea, mas antes disso o clube inglês terá que buscar um acordo junto a FIFA quanto a uma punição imposta pela entidade aos "blues". A pena imposta pela FIFA ao Chelsea é devido a supostas irregularidades na transferência de menores de idade, algo que é proibido perante a entidade máxima do futebol mundial.

Coutinho e sua comemoração diante da torcida do Barcelona em partida contra o Manchester United.
Coutinho e sua comemoração diante da torcida do Barcelona em partida contra o Manchester United.

Segundo o diário espanhol "Sport", o Chelsea entrou com uma apelação junto a FIFA para a suspensão de uma pena imposta pela entidade, que proíbe o clube de realizar qualquer tipo de transação nas duas próximas janelas de transferências e é nesse sentido que a direção dos "blues" busca reverter à situação e em caso de "vitória", o meia-atacante brasileiro poderá ser um dos grandes reforços para a próxima temporada - lembrando que as chances do Chelsea perder seu grande nome da atualidade na próxima abertura do mercado para o Real Madrid são enormes. Aqui falamos de Eden Hazard que até agora não renovou o seu contrato com o time inglês e tem seu nome como reforço certo por parte do clube merengue.

Coutinho no último jogo do "Barça" pelo Campeonato Espanhol foi muito vaiado pela torcida, onde posteriormente o técnico Ernesto Valverde foi perguntado sobre o acontecido e o mesmo desconversou, declarando o seguinte:

"O público está com Coutinho e Coutinho está com o público", declarou o técnico do Barcelona.