Em menos de 24 horas após seu anúncio no Chelsea, Thomas Tuchel deverá estar a beira do gramado para comandar os "blues" diante do Wolves, pela Premier League. Mesmo com tão pouco tempo em seu novo clube, o técnico alemão já terá sua primeira missão, a de resolver algumas questões internas no time, principalmente com relação ao atacante Timo Werner e o meia Kai Havertz, em um vestiário totalmente bagunçado.

Thomas Tuchel confirmado com técnico do Chelsea nesta terça-feira

O ex-treinador do Paris Saint-Germain foi confirmado como novo técnico do Chelsea na tarde desta última terça-feira (26/01); cerca de 24 horas após a demissão de Frank Lampard e mesmo sem ainda ter sido liberado pelos protocolos da COVID-19, deverá fazer sua estreia no dia hoje, às 15h, pela 20ª rodada do Campeonato Inglês, diante do Wolves.

Depois de cinco derrotas, o Chelsea atualmente ocupa a 10ª colocação na Premier League; outra missão que o novo comandante técnico terá pela frente, será a de levar a equipe londrina para a ponta de cima da tabela, visto os grandes reforços contratados para a temporada 2020/2021.

Onde mais uma vez repetimos, a grande missão atual de Tuchel no comando técnico dos "Blues" será arrumar o vestiário, que ficou dividido após a saída de Lampard. Um formado por admiradores do antigo treinador e outros que acreditam que agora, sem o inglês a frente da equipe, terão mais chances de voltar ao time titular.

Thomas Tuchel contratado para recuperar jovens estrelas

É notável que o técnico alemão contratado para substituir o inglês, chega neste momento para recuperar e tirar um melhor aproveitamento de jogadores como Timo Werner e Kai Havertz, muitas das vezes esquecido por Lampard.

Com um bom elenco em suas mãos, será preciso recuperar imediatamente a confiança do time como um todo e Tuchel chega a Londres conhecido por ser um treinador que implementa suas ideias nas equipes com sucesso e é isso que todos esperam dele neste momento. Veremos a partir desta quarta-feira.