Ao apagar das luzes da 13ª rodada da Premier League, neste domingo - 28 de novembro, temos um confronto gigantesco entre Chelsea x Manchester United, a partir das 13h30 (Horário de Brasília). O encontro entre Blues e Reds Devils está marcado para ocorrer no Stamford Bridge Stadium, em Londres - Inglaterra.

O duelo marcará o encontro entre o primeiro e oitavo colocado na tabela de classificação do Campeonato Inglês (Chelsea e Manchester United, respectivamente).

Chelsea x Manchester United; Onde assistir ao vivo

O confronto entre Chelsea e United, que é válido pela 13ª rodada da Premier League, contará com transmissão ao vivo pela ESPN Brasil na TV fechada e também pelo serviço de streaming Star+, diretamente de Londres (ING), neste domingo (28), às 13h30 (de Brasília).

Prováveis escalações

Chelsea

O líder do torneio inglês possuem algumas dúvidas para o duelo, bem como a ausência do volante N’Golo Kanté, que deixou o campo mais cedo no encontro diante a Juventus, pela Champions League.

Por outro lado, Romelu Lukaku poder ser novidade na equipe londrina, assim como Ben Chilwell, que está recuperado de lesão e poderá ser reforço para a equipe azul neste domingo.

Desta forma, o Chelsea deve vir a campo com: Mendy; Chalobah, Thiago Silva e Rüdiger; James, Lotus-Cheek (Kanté), Jorginho, Mount, Ziech e Chilwell; Pulisic (Havertz).

Manchester United

Por outro lado, os visitantes que estão de treinador novo após a demissão de Ole Gunnar Solskjaer, vêm de uma derrota acachapante para o Watford pelo placar de 4 a 1 e buscam diante do líder apagar a má impressão que ficou do time no torneio.

Para agravar a situação dos Reds Devils, o mesmo não poderá contar com Paul Pogba, que se recupera de lesão na coxa-direita, não devendo mais jogar neste ano.

Com isso, o técnico Ralf Rangnick contratado nesta última quinta-feira, se não estiver no banco de reservas, poderá observar sua nova equipe das arquibancadas do Stamford Bridge.

A equipe do Manchester United que enfrenta o Chelsea deve ter em campo a seguinte equipe: De Gea; Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire e Shaw (Alex Telles); Fred, McTominay, Bruno Fernandes e Sancho; Cristiano Ronaldo e Martial.