Sem dúvidas, a Liga dos Campeões da Europa é a competição mais importante do futebol mundial. Entretanto, como toda competição e própria do esporte, alguns times sem muita expressão chegam longe, e em algumas oportunidades, se sagram até mesmo campeões.

A Champions League sempre foi conhecida por dar espaço aos times sem tanta expressão e investimento. Mesmo com algumas equipes sendo as mais conhecidas por ter sucesso no torneio, sempre existem algumas surpresas. Pensando nisso, elaboramos uma lista com 5 times "pequenos" e que fizeram história na competição europeia, e que chegaram ao título de maneira improvável.

Os 5 campeões "incomuns" da história da Liga dos Campeões da Europa

5º- Aston Villa (Inglaterra):

Hoje no ostracismo, e lutando para permanecer na primeira divisão do futebol inglês, o Aston Villa chegou ao ápice do futebol europeu, quando conquistou a Liga dos Campeões da Europa, na temporada 1981/1982. Para isso, teve que derrotar o todo poderoso Bayern de Munique, da Alemanha, que na época tinha em seu time grandes nomes do futebol mundial, como Paul Breitner e Karlz-Heinz Rummenigge.

Aston Villa foi campeão da Liga dos Campeões na temporada 1981/1982. (Foto:Divulgação)
Aston Villa foi campeão da Liga dos Campeões na temporada 1981/1982. (Foto:Divulgação)

4º- Hamburgo (Alemanha):

Outra equipe que nos tempos modernos tenta se reestruturar, mas que viveu momentos de glória no passado, o Hamburgo também entra na lista. Na temporada de 1982/1983, o time alemão chegou ao grande feito de se tornar campeão europeu. Com a final sendo sediada na Romênia, e diante de um público de mais de 75 mil pessoas, o Hamburgo venceu a Juventus pelo placar de 1 a 0.

Hamburgo foi a grande surpresa da temporada 1982/1983. (Foto:Hamburgo/UEFA)
Hamburgo foi a grande surpresa da temporada 1982/1983. (Foto:Hamburgo/UEFA)

3º- Estrela Vermelha (Sérvia):

A primeira grande surpresa da lista é o Estrela Vermelha, da Sérvia, que apareceu para os amantes do futebol apenas na temporada 1990/1991, em um dos poucos momentos em que o futebol do país ganhou destaque. Naquela temporada, o Estrela Vermelha teve que derrotar o Olympique de Marselha,da França, na decisão por pênaltis, vencida pelo placar de 5 a 3. A final da Liga dos Campeões daquela temporada foi decidida em Bari, na Itália, e contou com um público superior a 56 mil pessoas.

Estrela Vermelha venceu o Barcelona na final da temporada 1990/1991. (Foto:Divulgação)
Estrela Vermelha venceu o Olympique de Marselha na final da temporada 1990/1991. (Foto:Divulgação)

2º- Steaua Bucareste (Romênia):

Ainda mais surpreendente do que o Estrela Vermelha, o Steaua Bucareste, da Romênia, também pode se orgulhar de ter em sua sala de troféus uma taça da Liga dos Campeões da Europa. O feito aconteceu na temporada 1985/1986, quando na grande decisão, teve que fazer frente ao poderoso Barcelona. Na final, o título foi decidido na disputa de pênaltis, onde os romenos levaram a melhor pelo placar de 2 a 0.

Steaua Bucareste venceu o Barcelona na temporada 1985/1986. (Foto:Divulgação)
Steaua Bucareste venceu o Barcelona na temporada 1985/1986. (Foto:Divulgação)

1º- Nottingham Forest (Inglaterra):

Sem dúvidas, a grande surpresa da história da Liga dos Campeões da Europa é o Nottingham Forest, da Inglaterra. Não apenas pelo fato de ser um clube sem nenhuma expressão atualmente já ter sido campeão da competição europeia, mas também pelo fato de ser BI-CAMPEÃO. Isso mesmo, a equipe inglesa faturou o torneio em duas oportunidades: nas temporadas 1978/1979. e 1979/1980.

Na primeira oportunidade, o time teve que derrotar o Malmö, da Suécia, na cidade de Munique, na Alemanha. Naquela decisão, o público foi superior a 57 mil pessoas, e os ingleses levaram a melhor, vencendo a partida pelo placar de 1 a 0. O grande destaque da equipe naquela temporada foi Garry Birtles, vice-artilheiro da competição, com 6 gols marcados.

Já na segunda temporada, o desafiante na final era o Hamburgo, da Alemanha. No estádio Santiago Bernabéu, na Espanha, o Nottingham Forest não surpreendeu os mais de 51 mil presentes para vencer o time alemão e se sagrar bi-campeão. A conquista veio após a vitória pelo placar de 1 a 0 novamente.

Nottingham Forest foi bi-campeão da Liga dos Campeões da Europa. (Foto:Divulgação)
Nottingham Forest foi bi-campeão da Liga dos Campeões da Europa. (Foto:Divulgação)