As últimas informações do futebol vindas do "Velho Continente" dão conta de que a UEFA já trabalha com uma possível volta ao futebol, segundo a emissora alemã "ZDF".

Para a imprensa acima citada, Aleksander Ceferin - presidente da entidade máxima do futebol europeu, a data de 03 de agosto deve ser o prazo limite para a decisão da Champions League. Para conseguir encaixar o início da temporada 2020/2021, a UEFA não descarta a possibilidade das quartas de final e semifinal da competição aqui citada, serem realizadas em jogo único.

Aleksander Ceferin - presidente da UEFA.
Aleksander Ceferin - presidente da UEFA.

"Podemos jogar com o sistema atual ou fazer uma partida com sorteio para jogar em casa, fora ou em campo neutro. Mas agora é só teoria. Em 03 de agosto deve se estar encerrada a Champions League, é uma situação extraordinária. Podemos jogar nas mesmas datas dos campeonatos locais, na mesma hora, devemos neste momento ser flexíveis", declarou ele.

Ceferin salienta que as partidas só ocorrerão com a liberação médica completa e sob a responsabilidade dos governos nacionais. Dentro do quadro da pandemia. Espanha e Itália são até o momento os países dentro do "Velho Continente", mais atingidos pela "COVID-19".

"Se for seguro e não terá perigo, não vejo problema para o futebol voltar. O esporte traz energia, necessitamos do esporte. As pessoas estão nervosas e ansiosas. O futebol é uma indústria séria e que se importa com as pessoas. As grandes estrelas do momento são os médicos e enfermeiros. Se as autoridades nos permitirem, podemos fazer. Dependemos dos governos nacionais. De todas as formas é melhor com portões fechados e com televisão, o futebol é o que as pessoas querem", finalizou.