A pandemia do novo Coronavírus continua atingindo o mundo do futebol. Nesta quinta-feira, o Manchester City emitiu um comunicado oficial confirmando que o duelo de volta contra o Real Madrid será adiado por conta da quarentena em que os jogadores do clube merengue estão presos. Além deste jogo, o duelo entre Juventus e Lyon também foi adiado pelo mesmo motivo, e com um agravante a mais: o zagueiro Rugani, do clube italiano, foi diagnosticado com o vírus.

O comunicado do Manchester City confirma o adiamento do duelo, e diz que a decisão foi tomada em conjunto com a UEFA. Confira o comunicado na íntegra:

"A decisão de adiar o jogo de terça-feira foi tomada em conjunto com a Uefa e segue a confirmação de que jogadores do Real Madrid se isolarão por quinze dias, depois de surgir que um jogador do time de basquete do clube deu positivo para o COVID-19. O clube envia os melhores votos aos jogadores e funcionários das equipes de futebol e basquete do Real Madrid. Mais informações sobre a data reprogramada e informações relacionadas a ingressos serão fornecidas em devido tempo".

Vale lembrar que o Manchester City venceu o Real Madrid, no estádio Santiago Bernabéu, pelo placar de 2 a 1, no dia 26 de fevereiro. Além disso, a UEFA publicou uma nota oficial alegando que, na próxima terça-feira, irá realizar uma videoconferência para tomar uma decisão quanto a Liga dos Campeões, a Liga Europa e a Eurocopa.

Até o momento, os duelos entre Bayern de Munique e Chelsea, e Barcelona e Napoli, estão confirmados, mas serão realizados com portões fechados, sem sequer a presença da imprensa. O principal motivo para o não-adiamento é de que não há risco maior, ou nenhuma das equipes está em quarentena.

As decisões ainda estão sendo tomadas, e qualquer atualização pode ser divulgada nas próximas horas.