Em um duelo com duas equipes conhecidas por muita garra, nada mais justo que uma verdadeira batalha dentro de campo. Atletico de Madrid e Juventus proporcionaram um belo espetáculo aos amantes do futebol, e o empate de 2x2 pode não ter resumido o que foi a partida, mas premiou a entrega e a persistência da equipe espanhola.

O Atletico de Madrid foi a campo com: Oblak; Trippier, Savic, Giménez e Renan Lodi; Koke, Thomas,Saúl e Lemar; João Félix e Diego Costa.

Já a Juventus foi escalada com: Szczesny; Danilo, Bonucci, De Ligt e Alex Sandro; Khedira, Pjanic e Matuidi; Cuadrado, Cristiano Ronaldo e Higuaín.

O JOGO

Com grande atuação de Renan Lodi, o time espanhol dominou o primeiro tempo. A conexão entre o brasileiro e o zagueiro Giménez foi a grande especialidade da equipe na parte ofensiva. A jogada mais perigosa foi da Juve com Pjanic, que chutou de fora da área e após desvio, a bola passou perto do gol. No mais, muito estudo entre as equipes.

Na segunda etapa, a partida foi muito mais movimentada. Logo aos 2 minutos, o time italiano abriu o placar com um golaço de Cuadrado, que após contra-ataque, chutou no ângulo. O gol deixou a partida ainda mais movimentada, mas com os italianos levando muito mais perigo, tanto que aos 19 minutos, Matuidi recebeu cruzamento de Alex Sandro e fez 2x0 para a Juventus. Com grande desvantagem, o Atletico foi ao ataque, e pressionou muito. Com 24 minutos, Savic marcou após cobrança de falta de Koke. Depois disso, os Colchoneros pressionaram ainda mais, e tanto esforço foi premiado com um gol salvador de Ander Herrera, aos 44 minutos, para empatar a partida. Final de jogo: 2x2.

Savic foi autor do primeiro gol do Atletico de Madrid. (Foto:REUTERS)