Após falhar incrivelmente durante a final da Champions League, a polícia de Merseyside, no Reino Unido, investiga sobre ameaças de morte feita contra o goleiro Loris Karius, do Liverpool. O goleiro alemão foi o grande responsável pela derrota do clube inglês para o Real Madrid neste último sábado, durante a final do maior torneio continental da Europa.

Karius falhou em dois lances capitais, que contribuíram para a vitória por 3 a 1 do clube espanhol, que consequentemente conquistou o seu 13º título da Champions League - o terceiro na sequência. No primeiro lance, o arqueiro repôs a bola em jogo de forma errada - entregando a bola nos pés de Karim Benzema, que não perdoou e abriu o placar para o time merengue. Minutos depois, quase no final da partida, o goleiro novamente falhou ao deixar a bola passar entre os seus braços, em um chute despretensioso de Gareth Bale; que chutou de fora da área.

Com os dois lances, o goleiro saiu de campo chorando em direção a torcida do Liverpool, pedindo desculpas por suas falhas em Kiev, na Ucrânia - local da final da Champions League neste último sábado.

Voltando as ameaças, tanto o goleiro, quanto seus familiares após o final da partida receberam fortes ameaças de morte através de redes sociais, que está sendo investigado pela polícia local. Em entrevista a "BBC", um dos policiais envolvidos na investigação, declarou o seguinte:

"Nós levamos as postagens de redes sociais extremamente a sério. As ameaças serão investigadas. Policiais estão cientes de um número de comentários e ameaças feitas pelas redes sociais".