Sevilla faz o "crime" e elimina Manchester United da Champions

O poderoso Manchester United deu adeus à Liga dos Campeões.

Por
Compartilhe

O elenco milinário do Manchester United e do técnico José Mourinho vai ter de assistir as quartas de final da Champions League em casa, pela TV. Os Diabos Vermelhos não conseguiram superar os adversários e sofreram derrota em casa por 2x1 para o Sevilla. É seguro afirmar que a classificação inédita entitula o Sevilla como a "zebra" da competição até aqui - com destaque para Ben Yedder, que saiu do banco de reservas para dar a vitória ao clube espanhol. Lukaku descontou. 

Leia também:

Companheiros festejam com Yedder a classificaçãoCompanheiros festejam com Yedder a classificação

Depois do empate na Espanha, o Manchester jogava em casa para garantir, sob apoio de sua torcida, uma vaga nas quartas de final da Liga. O time de José Mourinho teve muitas chances de gol, mas foi o Sevilla crescer conforme o tempo passava. Os atacantes Lukaku e Alexis Sanchez, que fez vários gols em 2018, não conseguiram converter as oportunidades. A melhor chance saiu dos pés do belga Fellaini, mas o goleiro do Sevilla defendeu.

Fellaini bateu forte no primeiro tempo, mas não conseguiu marcarFellaini bateu forte no primeiro tempo, mas não conseguiu marcar

No segundo tempo o time visitante cresceu ainda mais e impôs seu jogo; entre idas, vindas e jogadas para os dois lados, Ben Yedder - que recém havia entrado no jogo - recebeu a bola em uma recuperação de posse e troca de passes, recebeu e mandou forte no canto para abrir o placar. 

Ben YedderBen Yedder saiu do banco para mudar o jogo

Logo depois, na cobrança de escanteio, Yedder marcou mais um para o Sevilla, desta vez de cabeça; O goleiro do United, De Gea, chegou a tocar na bola, mas o efeito levou a 'redonda' para dentro do gol. 

Alexis Sanchez foi apenas um dos milionários reforços do UnitedAlexis Sanchez foi apenas um dos milionários reforços do United

Dali em diante, o Manchester precisava reagir, mas não conseguiu encontrar forças; Lukaku ainda descontou com uma bela finalização, mas foi insuficiente para salvar a dura queda. 

 

Comentários