Conforme já havíamos destacado durante a semana, a sede da grande final da Champions League não está "segura", desta forma, a Federação Britânica - FA tenta levar a decisão entre Chelsea x Manchester City, no dia 29 de maio, para o estádio de Wembley, em Londres.

Em negociação com a UEFA após o Reino Unido incluir a Turquia na "lista vermelha de viagens", são grande as chances da entidade aceitar o pedido e assim conceder a final da Champions League - temporada 2020/2021 na "terra da rainha".

Comunicado inglês

A informação que aqui trazemos foi dada pelo ministro britânico de transportes - Grant Shapps, que em coletiva nesta última sexta-feira destacou o seguinte:

"Estamos abertos a receber a final, mas claro que isso é uma decisão da UEFA", declarou ele antes de relembrar que o Reino Unido já permite a presença de torcedores aos estádios - mesmo que de forma reduzida, onde esse voltou a manifestar que não permitira a viagem de ingleses para Istambul - sede atual da final da Champions League.

Chelsea x Manchester United

Disputando mais uma vez a final do torneio mais importante do "velho continente", o Chelsea busca a sua segunda taça, donde levou a primeira na temporada de 2012; por sua vez, o Manchester City tenta alcançar um feito inédito, visto que ainda nem mesmo havia conseguido chegar a uma final de Champions League.

Lembramos que essa não será a primeira decisão inglesa de uma Champions, onde a última ocorreu em 2019, quando Liverpool levou a melhor sobre o Tottenham - vencendo a final por 2 a 0, em Madrid, na Espanha.