O confronto equilibrado entre Chelsea e Barcelona pela partida de ida das oitavas de final da Champions League, deixou ótimas impressões para o jogo da volta. O placar em 1-1 leva para o Camp Nou, no dia 14 de março, a decisão sobre quem seguirá na competição. Destaque para Willian, que teve desempenho exuberante - que por muito pouco não deixou o time da casa em vantagem e Lionel Messi, que quebrou um tabu de nunca ter marcado gols contra o Chelsea. 

Jogando em casa, o Chelsea começou jogo com mais atividade no ataque. Comandados por Eden Hazard, os Blues tiveram as primeiras chances, mas o Barcelona retribuiu com o cruzamento de Messi na cabeça do brasileiro Paulinho (para fora). Foi aí que outro brasileiro, Willian chamou a responsabilidade e mandou, ainda no primeiro tempo, duas bolas na trave - uma em cada lado. 

Apesar das tentativas, as equipes só conseguiram balançar as redes da segunda etapa, quando Willian recebeu passe de Hazard, abriu para a direita e mandou um belo chute no canto do goleiro Ter Stegen - a bola ainda fez uma bela curva.  

Até este ponto a partida feita pelo Chelsea era praticamente perfeita, porém, na única falha da defesa, uma bola atravessada, sobrou nos pés de Iniesta e este, viu Messi livre, leve e solto na entrada da área; com um toque na bola o argentino tirou do goleiro Courtois, quebrou outro tabu e deixou tudo igual para a partida de volta, na Espanha. 

No dia 14 de março a batalha será no Camp Nou. Quem vai se classificar?