Por conta de uma nova onda de COVID-19, a Turquia poderá perder o status de sede da final da Champions League, segundo informações do "Daily Mail". O diário aqui em questão diz que a UEFA busca informações sobre a Turquia após o anuncio de que o país entraria em lockdown por conta de uma nova onda de Coronavírus a menos de cinco semanas da grande decisão do torneio de futebol mais famoso da Europa.

Expectativa x Realidade

Os organizadores da UEFA tinham a expectativa de que o último jogo da atual temporada europeia pudesse contar com a presença de pelo menos nove mil torcedores das duas equipes finalistas da Champions League; a decisão até então estaria marcada para ocorrer no Estádio Olímpico Ataturk, no entanto, essa mesma parece que ficará a cargo do governo local, uma vez que a entidade máxima do futebol no "Velho Continente" por hora não pensa em mudar o local da final aqui já destacada.

Alternativas

Caso não aja nenhuma possibilidade desta partida vir a ser decidida na Turquia, a UEFA em último caso estuda algumas alternativas, como por exemplo, mandar a grande decisão da Champions League para a Inglaterra, onde a mesma poderia vir a ser realizada no Estádio de Wembley; algo ainda impensável pela entidade em questão.