O Real Madrid arrumou um problemão para o primeiro confronto diante do Paris Saint-Germain pelas oitavas de final da Champions League - partida essa que será disputada no próximo dia 14 de fevereiro, as 17h45 - horário de Brasília.

Trata-se da suspensão do lateral-direito Carvajal, que não poderá participar do confronto, uma vez que a UEFA rejeitou o pedido do clube madrileño. Carvajal forçou o terceiro cartão amarelo na fase de grupos da Champions League, diante do Apoel. Mesmo já tendo cumprido uma partida de suspensão contra o Borussia Dortmund, o jogador do Real Madrid terá que ficar de fora do confronto diante do PSG.

A suspensão se deu na goleada do Real Madrid sobre o Apoel, no dia 21 de novembro de 2017; na ocasião o lateral-direito do clube espanhol forçou o recebimento de um cartão para poder cumprir a suspensão contra o clube alemão, ainda pela fase de grupos, mas a entidade máxima do futebol europeu entendeu tal atitude como irregular e assim puniu o atleta com mais uma partida de suspensão - partida essa diante do time de Neymar e Cia. Para os dirigentes da UEFA, Carvajal violou o código 15 do Regulamento Disciplinar da Federação.