Em entrevista ao programa Seleção SporTV, o presidente da Federação Paulista de Futebol - Reinaldo Carneiro Basto afirmou que estuda a possibilidade de levar o Campeonato Paulista 2021 a outros estados ou até mesmo a outro país.

Descontente com MP

Se mostrando descontente com a recusa do Ministério Público em autorizar a continuidade do torneio em questão, disse que não há mais diálogo com o governo estadual.

"Os clubes vão nas casas dessas pessoas para testar familiares. Vamos esperar isso do governo? É isso que a gente quer? Impedir essas pessoas de terem um atendimento? Eu não consigo entender por que o protocolo de A, B e C ser bom, mas o do futebol não serve. A ciência é a medicina dizem que é seguro. Se disserem que temos que parar, paramos, não somos negacionistas. O futebol não é cego. Nós vamos chegar a quatro mil mortes e continuamos vivendo, nós temos plano de saúde, condição financeira, mas e as pessoas que não têm? Manda para casa? A situação é grave, meus amigos, é grave", afirmou Carneiro Bastos.

FPF quer evitar disputa judicial com o governo de São Paulo

Após a divulgação do decreto do governo João Doria que colocou o estado na fase mais crítica do isolamento por conta da COVID-19, o presidente da Federação Paulista de Futebol disse que não quer uma briga judicial com esse.

"Óbvio que a Justiça é a última das opções, mas quem não teve um problema com inquilino, batida de automóvel, problema com patrão, e foi para a Justiça resolver. Ir atrás disso faz parte da democracia. O futebol procurou o Governo Estadual e o Ministério Público várias vezes, esgotamos qualquer forma de diálogo. Justiça é a última opção, quando não tiver mais caminho",finalizou.

O Campeonato Paulista 2021 está paralisado desde a última segunda-feira - 15 de março até o dia 30 do mesmo mês pelo decreto estadual, anunciado na última sexta-feira pelo Governador João Doria.