Com a determinação do Governo de São Paulo em paralisar toda e qualquer atividade esportiva no estado (profissional e amador), por conta do aumento de casos de COVID-19, uma reunião nesta segunda-feira poderá derrubar a decisão do estado de paralisar o "Paulistão-2021" por duas semanas.

Reunião entre o MP e a FPF

A reunião que neste momento já deve estar sendo realizada entre o Ministério Público- SP e a Federação Paulista de Futebol, também contará com a presença do presidente do Comitê Médico da entidade - Moisés Cohen, poderá colocar fim nas restrições impostas por João Dória na última sexta-feira, onde o mesmo anunciou através de uma live o pacote de restrições para conter a propagação do novo Coronavírus; no entanto, a FPF discorda da medida e argumenta que o campeonato está sendo realizado nos mais rígidos protocolos sanitários.

Proposta apresentada a MP

Nesta reunião desta manhã de segunda-feira, a FPF apresentará uma redução maior no número de pessoas que irão trabalhar nesses dias de jogos - para assim diminuir os riscos de contágio.

A Federação Paulista de Futebol tem como ideia esgotar todas as possibilidades de diálogo com o governo e se a decisão for mantida, a mesma estuda passar os jogos do estadual para outro estado, como por exemplo, o duelo entre São Bento x Palmeiras, que poderá ser realizado em Belo Horizonte.

Nova reunião agendada com a FPF e os clubes

Logo após a reunião entre a entidade máxima do futebol no estado de SP e o Ministério Público, haverá uma reunião entre a FPF e os clubes pertinentes, às 15h, na sede da entidade, onde será debatido o resultado desta manhã e em caso de permanência das restrições, será preciso definir um novo calendário do Campeonato Paulista 2021, onde então se debaterá se esse será mantido e passará os jogos para outro estado ou se mantém os locais e muda as datas para após a suspensão. Aguardemos!