Nada feito! Governador João Dória não libera clubes de São Paulo para voltar aos treinamentos neste mês de junho, o mesmo com sua decisão enfureceu os cartolas paulistas. Dória liberará os clubes para voltarem aos treinamentos somente no dia 1º de julho.

Segundo informações da Federação Paulista de Futebol e dos clubes que disputam a Série A1 do Campeonato Paulista, os mesmos dizem terem tomado uma rasteira do governador.

Com tal decisão por parte das autoridades governamentais, uma nova reunião foi marcada para essa quinta-feira, onde clubes e federação irão decidir que rumo seguir. Nenhuma das partes se manifestou contrário a decisão do governador, mas o assunto será debatido nesta reunião.

Vale lembrar que as vésperas desta reunião, o deputado estadual - Antonio Olim (PP-SP) havia afirmado que o governador liberaria os treinos. O mesmo também é presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do estado de São Paulo.

Dirigentes dos quatro grandes de São Paulo estaria enfurecidos com tal decisão do governo estadual
Dirigentes dos quatro grandes de São Paulo estaria enfurecidos com tal decisão do governo estadual

Presente nesta manhã no Palácio dos Bandeirantes, o presidente da Federação Paulista de Futebol - Reinaldo Carneiro Bastos deixou o local muito contrariado momentos antes da entrevista coletiva concedida por João Dória, onde o mesmo anunciou a liberação das atividades físicas por parte dos clubes somente para julho.

Além do presidente da FPF, dirigentes dos grandes clubes de São Paulo também ficaram contrariados com tal medida, onde os mesmos se dizem preocupados com a desvantagem esportiva que terão para clubes de outros estados, que conseguiram retornar as atividades antes. Além dos gaúchos que foram os primeiros a retornarem aos trabalhos físicos em seus CTs, clubes de Minas Gerais e Cariocas também já estão de volta a rotina do dia-a-dia.