Com a possibilidade cada vez mais eminente do futebol voltar ao país, agora os clubes paulistas deverão redobrar a cobrança sobre o governo municipal e estadual para um retorno as atividades - principalmente os quatro grandes de São Paulo.

Segundo as últimas informações vindas deste estado, a Federação Paulista de Futebol, em conjunto com esses "quatro grandes" formalizaram nesta última segunda-feira, um pedido ao Governo do Estado de São Paulo e também a Prefeitura Municipal de São Paulo para que os treinos sejam liberados nos próximos 15 dias, segundo o "globoesporte.com".

O documento obtido pelo site acima citado informa que os clubes estão cumprindo com todas as determinações de saúde do governo estadual e que se os treinos forem liberados, irão iniciar com atividades individuais, ao ar livre, sempre respeitando as orientações de saúde das autoridades públicas.

No entanto, até o momento não existe qualquer data para que o futebol em São Paulo seja retomado - aqui falamos do estado inteiro e não somente da capital. Ainda nesta semana, mais propriamente dito na quinta-feira, representantes dos "quatro grandes" da capital deverão se reunir com o prefeito da cidade de São Paulo - Bruno Covas e nesta deverão falar a respeito da volta aos treinamentos em seus respectivos CTs.

Segundo a matéria, os clubes já estão com seus centros de treinamentos todos preparados para a possível retomada das atividades e esses esperam que possa ser ainda nos próximos dias.