Federação Paulista de Futebol decide paralisar o Paulistão por tempo indeterminado

As Séries A1 e A2 tiveram seu jogos suspensos a partir desta terça-feira - a Série A3 ainda aguarda por uma decisão da Federação.

Por Müller
Compartilhe

A Federação Paulista de Futebol segue a mesma linha da CBF e de outras federações e anuncia a paralisação do Campeonato Paulista - Séries A1 e A2. A mesma foi decidida após reunião com os clubes da primeira divisão estadual, na sede da entidade.

A FPF declarou que a medida foi tomada para minimizar os efeitos da pandemia que afeta o planeta inteiro - aqui entenda o "coronavírus". Porém, à medida que foi aceita de forma unânime pelos clubes; teve algumas discussões - inicialmente, os quatro maiores clubes do estado votaram pela paralisação, enquanto dirigentes de clubes menores buscavam outras alternativas como, por exemplo, antecipar para essa semana a realização das duas últimas rodadas da primeira fase, no entanto, acabaram sendo convencidos do contrário.

O último jogo pelo Campeonato Paulista antes desta suspensão irá ocorrer nesta segunda-feira, às 20h, no estádio Brinco de Ouro, entre Guarani e Ponte Preta - com portões fechados. Esse clássico encerra a décima rodada do estadual, iniciado na última sexta-feira. Ao longo desta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol irá tomar medidas quanto ao que fazer com os clubes da Série A3 - a tendência é de paralisação.

Vila Belmiro vazia.
Vila Belmiro vazia.

Na saída da sede da FPF, o presidente do Santos - José Carlos Peres disse o seguinte:

"Todos nós temos responsabilidades. Tomamos a decisão também para servir de exemplo para outras categorias pararem. Vamos fazer uma avaliação a cada sete dias", declarou.

Vale lembrar que o Ministério da Saúde já havia orientado que eventos esportivos de grandes proporções só fossem realizados com portões fechados caso não houvesse tempo hábil para adiá-lo ou cancelá-los. Por esse motivo a décima rodada que se encerra nesta segunda-feira foi mantida.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal