Deyverson leva seis jogos de punição do STJD-SP por cusparada em Richard, do Corinthians

Felipão que também foi julgado nesta última segunda-feira e não compareceu no “Tribunal”, sendo condenado com base no “artigo 258”, que fala a respeito em “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem”.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Não deu para Deyverson - o atacante do Palmeiras foi punido nesta última segunda-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva - SP e desfalcará o time comandado por Felipão por seis jogos no Paulistão. O técnico do "verdão" foi advertido pelo TJD-SP.

Deyverson que foi expulso no último confronto diante do Corinthians, pelo Campeonato Paulista por cuspir em um colega de trabalho - neste caso Richard, do Timão, foi suspenso pela justiça e com isso ficará de fora de seis jogos do Palmeiras no estadual (um já cumprido nesta última segunda-feira), já o técnico Luiz Felipe Scolari recebeu uma advertência por conta de uma frase direcionada a arbitragem do clássico.

Deyverson sendo expulso no clássico contra o Corinthians.Deyverson sendo expulso no clássico contra o Corinthians.

O atacante palmeirense foi enquadrado no "artigo 254-B" do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que trata sobre o fato de "cuspir em outrem". A pena prevista neste caso é de seis a doze jogos de suspensão.

Presente no julgamento, Deyverson deu a seguinte versão ao caso:

"Entrei no jogo pilhado, tem o fato de ser um clássico também. O que eu vou falar aqui não justifica, de fato errei. Depois da falta eu levei um pontapé na cabeça. Eu me arrependi bastante, pedi desculpas pelas redes sociais. Estou fazendo tratamento com um psicólogo. Felipão me puniu, o grupo também", declarou ele em sua defesa.

Como declarou o próprio atacante, o Palmeiras puniu o jogador dois dias após o duelo diante do Corinthians - Deyverson foi punido com uma multa de R$ 350 mil.

Felipão que também foi julgado nesta última segunda-feira e não compareceu no "Tribunal", foi condenado com base no "artigo 258", que fala a respeito em "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem", onde segundo a súmula do árbitro Luiz Flavio de Oliveira, o técnico do Palmeiras havia dito a seguinte frase: "Parabéns! Você é maravilhoso para apitar os nossos jogos".

Felipão não compareceu ao julgamento por estar treinando a equipe do Palmeiras diante do Bragantino, nesta última segunda-feira, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu, na vitória por 2 a 0.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários