Assim como no Rio Grande do Sul, em Minas Gerais parece não ser diferente e o governo do estado veta o retorno do campeonato de futebol neste momento.

Na manhã desta segunda-feira, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais divulgou um comunicado vetando a retomada do Módulo 1 no final de julho, como queria inicialmente a Federação Mineira de Futebol.

A decisão se deu após o Centro de Operações de Emergência em Saúde do estado analisar um protocolo apresentado pela Federação Mineira de Futebol, apresentando durante uma reunião com o Secretario de Saúde do Estado e com integrantes dos departamentos médicos do Atlético e Cruzeiro.

Mineirão - estádio de Belo Horizonte - Minas Gerais
Mineirão - estádio de Belo Horizonte - Minas Gerais

Neste encontro, ficou estabelecido um protocolo que previa a data de 26 de julho como possível para a retomada do Campeonato Mineiro em seu Módulo 1. A FMF tinha como plano retomar o torneio nos mesmos moldes definidos anteriormente pelo Arbitral - semifinal e final com ida e volta, no entanto, isso poderá ser revisto se a competição não puder ser retomada no próximo mês.

O Campeonato Mineiro está paralisado desde a 10ª rodada, restando apenas dois jogos para o fim da primeira fase, mais as semifinais e finais. Para poder ser finalizado com os atuais moldes, serão necessárias pelo menos seis datas.

Outro problema que terá que ser contornado, é a montagem do elenco por algumas equipes da elite do Campeonato Mineiro, que com a paralisação do futebol em março dispensaram diversos jogadores e terão que se remontar para a volta do futebol. Atlético, América, Boa Esporte, Cruzeiro e Coimbra são os únicos que mantiveram seus elencos intactos.