Grenal no Beira-Rio! Muita calma nesta hora, uma vez que o prefeito de Porto Alegre ainda não liberou a cidade para os jogos. Sim, falta à liberação por parte da prefeitura para a Federação Gaúcha de Futebol poder confirmar o estádio Beira-Rio como palco da retomada do estadual após a paralisação por conta do novo Coronavírus - que ainda segue em alta no Rio Grande do Sul.

Desta forma, o clássico Grenal marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30, no estádio dos Colorados, ainda não está confirmado e não tem garantias de que será disputado na capital dos gaúchos. O prefeito - Nelson Marchezan Júnior em sua última entrevista prometeu analisar "com carinho" e se manifestar a respeito do assunto até o próximo final de semana.

Antes disso, será realizada uma reunião entre a equipe da Secretaria de Saúde Municipal e a FGF, onde os protocolos formados serão avaliados. Algo semelhante já realizado pelo governo estadual - que liberou a volta do Gauchão na última semana.

Com mando de campo do Inter, caso o prefeito de Porto Alegre não autorize a realização do clássico Grenal para o Beira-Rio, a FGF teria que procurar outra "praça" disponível para este jogo, no entanto, isso ainda não foi avaliado pela entidade. Na última terça-feira, o Ministério Público do estado se reuniu com a Brigada Militar para definir os protocolos de atuação - lembrando que será proibida a presença de torcedores - sejam eles do Inter ou do Grêmio próximos ao local de jogo - seja esse realizado no Beira-Rio ou onde a FGF determinar. Essa determinação também vale para os demais jogos do Campeonato Gaúcho.