Volta ou não volta! Ao que tudo indica, pode voltar. Mas do que estamos falando?

Falo do Campeonato Gaúcho 2020, que após uma série de idas e vindas, discussões e vários protocolos de saúde apresentados, está a um "OK" das autoridades governamentais e de saúde para retornar aos gramados - assim também como os treinos táticos e coletivos, que poderão ser liberados nesta sexta-feira pelo governador do estado - Eduardo Leite.

Já de posse dos protocolos e com eles analisados, o Governo do Rio Grande do Sul deve nesta sexta-feira ou mais tardar no próximo sábado, comunicar sua decisão quanto à retomada da competição ainda neste mês; se liberar, o Gauchão deverá voltar a campo no dia 26 de julho - data limite para o torneio não ser cancelado ou o Caxias ser dado como Campeão em 2020.

Com as liberações dos estaduais em São Paulo (22 de julho) e Minas Gerais (26 de julho), os clubes que disputam o Gauchão estão otimistas quanto a uma posição positiva por parte do Governo do Rio Grande do Sul, porém, o mesmo limita-se a apenas dizer que está avaliando a situação, conforme declarou o Secretário de Esporte e Lazer do Estado - Francisco Vargas.

"A definição para volta do futebol no estado está na mão do Comitê de Crise, com a decisão final do governador. Deve comunicar algo pelos próximos dias", declarou o secretário.

Mesmo com o governo liberando a volta as atividades coletivas para a próxima semana, o Grêmio já definiu que irá se deslocar até Santa Catarina para ampliar sua preparação para a volta do futebol no estado e no Brasil - visto que o Brasileirão também já tem data certa para ser iniciado nesta temporada - 09 de agosto (Série A). Por sua vez, o Internacional ainda espera que as atividades sejam liberadas, assim permanecerá na capital gaúcha, caso contrário também se deslocará ao estado vizinho para se preparar melhor para as competições que aos poucos estão regressando no país.

Além da dupla Grenal, Ypiranga, Brasil de Pelotas e Juventude também cogitam a ideia de buscarem um lugar para poderem realizar seus treinos coletivos caso Eduardo Leite - Governador do Rio Grande do Sul, não libere as atividades nos próximos dias.

Já a Federação Gaúcha de Futebol só confirmará a data de reinício do Campeonato Gaúcho com o aval do Governo do Estado, caso contrário, poderá até mesmo cancelar a competição ou dar o Caxias como o grande campeão da temporada, visto que a data de 26 de julho é o limite para um recomeço - desta forma evitaria problemas futuros com o calendário da CBF e Conmebol.