Em reunião no fim da manhã desta segunda-feira, a Federação Gaúcha de Futebol confirmou que as suas competições (Campeonato Gaúcho, divisão de acesso e Série B), serão paralisadas por 15 dias. Esta definição é provisória, e caso seja necessário, as competições oficiais da federação poderão ser interrompidas por um prazo maior.

A decisão foi tomada após reunião entre os presidentes dos clubes do Campeonato Gaúcho. No encontro, várias hipóteses foram levantadas, como por exemplo, a continuação do campeonato, sendo as partidas com portões fechados, assim como foi na rodada do último fim de semana. Além disso, os jogos da divisão de acesso do estadual foram adiados.

Outra hipótese levantada foi a de não haver campeão, e dividir as receitas recebidas por Grêmio e Internacional para os clubes do interior, como forma de "ressarcimento" pelo recebimento de verbas menores. Entretanto, não houve aceitação da proposta.

Paralisação do Gauchão atende aos pedidos dos clubes na última semana. (Foto:DivulgaçÕ)
Paralisação do Gauchão atende aos pedidos dos clubes na última semana. (Foto:Divulgação)

Mesmo com a paralisação, a tendência é de que as equipes continuem treinando normalmente, mas uma das medidas de precaução seria a não-presença da imprensa nos centros de treinamentos. A pandemia do novo Coronavírus vem afetando todos os esportes nas últimas semanas. No Brasil, os jogos do Campeonato Paulista, entre Santos e Corinthians, e Ituano e Corinthians, também foram realizadas com portões fechados. Na última quinta-feira, a CONMEBOL determinou que todas as partidas da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana estão suspensas a partir da próxima semana.

Além da Federação Gaúcha, a Federação Mineira de Futebol também já divulgou que as suas competições estão paralisadas por tempo indeterminado.