Inter vence o São Luiz fora de casa e mantém os 100% no Gauchão

Mesmo tendo vencido o adversário longe do Beira-Rio, o jogo não foi fácil para os comandado de Eduardo Coudet, que tiver grandes falhas no setor defensivo - principalmente nas bolas pelo alto.

Por Müller
Compartilhe

O Inter foi a Ijuí nesta última quarta-feira para encarar o São Luiz - em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Gaúcho e manteve os 100% na competição - igualando assim a marca de 2014; porém, não foi fácil sair com a vitória longe de casa.

O JOGO

Em um duelo que iniciou com um susto logo aos 30 segundos de partida, o Colorado teve que fazer um pouco de "força" para derrotar o lanterna do Grupo A, uma vez que o São Luiz surpreendeu o time da capital logo no primeiro lance do jogo, em uma bobeada da defesa do Inter, com Michel que aproveitou o cruzamento de Jean Carlo, subindo mais que Víctor Cuesta e mandando a bola para os fundos da rede de Lomba. Com um Inter assustado e que errava muito passe, por muito pouco o time da casa não ampliou o placar minutos depois, porém, aos 21 minutos, Thiago Galhardo deixou tudo igual, em uma bobeira de João Marcus - o meia-atacante colorado disparou pelo lado esquerdo e fuzilou em direção ao gol do São Luiz, empatando o duelo. Com o empate, o time comandado por Coudet se tranquilizou e começou a gostar da partida, no entanto, seguia com o problema em sua defesa, que estava em uma noite de quarta-feira desastrosa. Mas do meio para frente, a equipe manteve praticamente a mesma qualidade do jogo diante do Pelotas, o que fez com que o Inter chegasse à virada. Aos 37 minutos, em cobrança de escanteio, Patrick colocou a bola na cabeça de Moledo, que não perdoou e mandou a bola novamente para os fundos da rede do São Luiz - Inter 2 a 1. Oito minutos mais tarde, D’Alessandro invadiu a área e acabou sendo derrubado - pênalti para os colorados, que ele mesmo converteu, marcando assim o terceiro gol para os visitantes.

Thiago Galhardo ao lado de D
Thiago Galhardo ao lado de D'Alessandro conduziram o Colorado a virada sobre o São Luiz.

ETAPA COMPLEMENTAR

Depois do Inter abrir 3 a 1 no placar, dava a entender que mais gols viriam e os visitantes poderiam facilmente golear os donos da casa. Porém, foi o São Luiz que marcou, com Tássio, que aproveitou um cruzamento de Itaqui aos 13 minutos para descontar, em mais um falha de Víctor Cuesta, que deixou espaço aberto na defesa - 3 a 2. No lance seguinte o São Luiz por muito pouco não deixou tudo igual no placar. Lucas Carvalho apareceu nas costas de Moisés e cruzou para Michel, que não foi feliz na hora de finalizar. Aos 19 minutos, o Inter conseguiu ampliar o placar - com Edenílson que aproveitou um cruzamento de Marcos Guilherme. A partir daí novamente parecia que os visitantes poderiam aumentar o marcador; novamente estávamos enganados. Depois de ver Thiago Galhardo perder uma oportunidade clara para fazer o quinto do Inter, com grande defesa do goleiro do São Luiz, foi à vez do time da casa novamente mostrar para todos a fragilidade da defesa colorada - que não estava em uma quarta-feira feliz. Em mais um erro pelo alto - desta vez do lateral Rodinei, Michel aproveitou e descontou de cabeça - placar final - São Luiz 3 x 4 Internacional.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Como podemos perceber, o Colorado voltou a sofrer com os erros de 2019, aqui falando na bola aérea na área, por onde saíram os gols do São Luiz - algo que Eduardo Coudet terá que melhor para os próximos compromissos do Colorado, uma vez que na próxima semana o time do Inter terá o seu primeiro confronto diante da Universidad de Chile - pela "Pré Libertadores", fora de casa. No final de semana o time de Porto Alegre deverá usar uma equipe "alternativa" para encarar o Ypiranga - de Erechim, fora de casa - a partida será às 19h deste sábado, no Colosso da Lagoa.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal