Em partida ruim, time titular do Internacional sede a virada ao Pelotas

Na estreia do dito time "titular" do Sport Clube Internacional, o time da casa sai na frente do placar, mas com pouca inspiração e lento no meio de campo, sede a virada aos visitantes.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Em uma noite que era para ser de festas e de reencontro com sua torcida, o time “titular” do Internacional faz feio e perde de virada para o Pelotas – time esse que subiu para a “primeira divisão” do futebol gaúcho nesta temporada.

Com uma equipe visivelmente desentrosada – visto que esse é o primeiro jogo oficial do time “Colorado”, os donos da casa até que abriram o placar, mas com mau futebol apresentado - principalmente de suas principais estrelas, o Colorado não foi páreo para a qualidade defensiva da equipe comandada por um velho conhecido da dupla grenal – aqui falamos de Diego Gavilán, ex-volante de Inter e Grêmio.

Em jogada de William Pottker, o Colorado abriu o placar.Em jogada de William Pottker, o Colorado abriu o placar.

O Colorado abriu o placar logo aos 13 minutos de jogo, onde Pottker acertou a trave após uma arrancada pela direita e por infelicidade de Adriano que tentou cortar, mandou a bola para o fundo das redes do goleiro Airton. Até aí o time da casa dominava o jogo, mas como uma espécie de “vale a pena ver de novo”, o time Colorado voltou a demonstrar os velhos vícios das últimas temporadas, onde posterior a marcação de um gol o time se retrai, tentando sair somente no contra-ataque e foi aí que chamou a equipe do Pelotas para cima e sem forças para furar a defesa do time adversário, acabou cansando e dando oportunidades para o time da região sul do Rio Grandes do Sul fazer a festa em pleno “Beira-Rio”.

O gol de empate do Pelotas veio 16 minutos depois do gol Colorado – aos 29 minutos da primeira etapa, com Dão – de bola parada.

No segundo tempo, o Colorado voltou mais devagar ainda, mostrando claras dificuldades de organização no meio de campo, onde o técnico Odair Hellmann com o passar do tempo empilhou atacantes no time, chegando a ter quatro na frente – mas sem forças de organização no setor de criação – uma vez que D’Ale aos seus 38 anos acabou cansando e não conseguiu ter a mesma qualidade de anos anteriores, o gol da virada do “Lobão” saiu aos 10 minutos da fase complementar. De falta, Germano bateu em direção ao gol defendido por Marcelo Lomba, a bola desviou em Felipe, batendo ainda em Bruno (Internacional) antes de morrer dentro das redes colorada. O gol foi dado para Felipe, do Pelotas.

Gol da virada do Pelotas sobre o Internacional - Foto: globoesporte.com.Gol da virada do Pelotas sobre o Internacional - Foto: globoesporte.com.

O Internacional após o gol da virada do time visitante até que tentou reagir, mas como já declarei acima, sem forças de organização no meio de campo e com tentativas inúteis pelos lados ou em bolas alçadas para o ataque, o time comandado por Odair Hellmann pouco apresentou de bom nesta sua estreia em 2019, terminando a sua primeira partida na temporada com uma derrota em pleno estádio Beira-Rio, logo na segunda rodada do Campeonato Gaúcho.

Com a derrota para o Pelotas, o Colorado é apenas o quinto colocado com três pontos conquistados – o seu maior adversário – claro que falamos do Grêmio, é o atual líder da competição, com quatro pontos somados em dois jogos. Já o “Lobão” que venceu o time da capital encerrou a noite com um feito histórico, pois havia 38 anos que não derrotava o Internacional no Beira-Rio e ainda de quebra terminou a rodada na frente do time “vermelho”, na quarta colocação do Gauchão, com os mesmos três pontos.

O Colorado volta a campo no próximo domingo, às 17h, no Passo D’Areia, onde na terceira rodada irá encarar o São José – famoso “Zequinha”. No mesmo dia, às 16h, o Pelotas recebe na Boca do Lobo, o São Luiz.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal