Fechando esta sequência apanhando informações sobre os quatro principais campeonatos estaduais do Brasil, vamos falar do futebol gaúcho. Se no ano passado o Internacional tinha de lidar com o amargo sabor de jogar a Série B enquanto o rival recém havia conquistado uma Copa do Brasil, neste ano o Colorado tenta bater a poeira da B para voltar com tudo e tentar reconquistar um título que foi seu por seis anos consecutivos entre 2011 e 2016. Em contrapartida, o Tricolor começa o ano ainda sob a glória de ter conquistado a terceira Copa Libertadores da América de sua história.

Como funciona o Gauchão?

Este ano o Gauchão terá um único grupo com os 12 clubes pertencentes à primeira divisão estadual. Os times se enfrentam em turno único. As oito melhores campanhas passam para as quartas de final, semifinal e final (fases de mata a mata com jogos de ida e volta). As duas piores campanhas vão visitar a série B.

E os principais clubes do Estado, como estão se preparando?

Novo Hamburgo

Atual Campeão, o Novo Hamburgo está quase pronto para a estreia no Gauchão. Como parte da pré-temporada, o time venceu um amistoso contra o Sindicado dos Atletas-RS por 1-0 e ainda jogará contra o São Paulo-RG antes da estreia no Campeonato Gaúcho.

O time de Beto Campos quer defender o título e aposta no centroavante Flávio Torres, de 31 anos - o atacante foi o último reforço para a equipe na temporada. Curiosamente o jogador foi o autor do único gol no jogo-treino.

A estreia do Noia será no dia 17/01 contra o Caxias, em Caxias do Sul.

Juventude

O time de Caxias do Sul, comandado pelo por Antonio Carlos Zago, se reapresentou antes da virada do ano para se preparar para o Campeonato Gaúcho. Para completar o elenco que terminou 2017 pela Série B do Brasileirão, quatro jogadores foram contratados, entre eles o volante Amaral, os meias Fellipe Matheus e Leandro Lima, e o atacante Jô.

Antes da estreia no Gauchão, o Juventude fez jogo-treino contra o Cruzeiro-POA e ficou no empate. A atividade serviu para o técnico Zago fazer observações e assim alinhar a equipe antes da bola rolar para valer.

A estreia do Juventude no Gauchão será no dia 17/01 contra o Brasil de Pelotas.

Internacional

Ano novo, hora de esquecer o passado. O Internacional visitou a Série B e voltou para onde não devia ter saído. O clube reconhece que a campanha na B não foi a esperada, demitiu o técnico Guto Ferreira há três rodadas do fim e inicia o ano efetivando o interino Odair Hellmann para a sequência de um trabalho que precisa de renovação.

Para reforçar o elenco, o Inter se livrou de algumas peças do plantel de mais de 40 jogadores, como o zagueiro Leo Ortiz (foi para o Sport), Eduardo Sasha (foi para o Santos), os laterais Geferson e Carlinhos saíram e o atacante Aylon foi reforçar o América-MG.

Em contrapartida, o Colorado contratou Wellington Silva (ex-Flu), os volantes Gabriel Dias e Patrick, os laterais Ruan e Dudu, e o atacante Roger (ex-Botafogo). A direção também conseguiu fechar pré-contrato com o zagueiro Rodrigo Moledo (Panathinaikos) e com a jóia argentina Martín Sarrafiore (Huracán); ambos chegam só na metade do ano.

A estreia colorada no gauchão será no dia 18/01 contra o Veranópolis.

Grêmio

Atual Campeão da Libertadores, o Grêmio não vence o Campeonato Gaúcho desde 2010. No entanto, parece que não será em 2018 que o Tricolor vai focar no campeonato estadual. A estreia do time na competição ocorre no próximo dia 17/01 e os jogadores do plantel principal nem sequer se reapresentaram das férias - muito por conta da cansativa temporada passada, em que o Grêmio disputou até o Mundial de Clubes, no dia 16/12.

O grupo principal ainda goza das férias enquanto a direção corre atrás de reforços. Saíram após o final da temporada, o atacante Lucas Barrios, Batista, Fernandinho, o lateral Edilson e o volante Raul. Em contrapartida, o Grêmio contratou o meia Thaciano (ex-Boa Esporte), Alisson e Thonny Anderson (ex-Cruzeiro), o zagueiro Paulo Miranda e está muito próximo de fechar a contratação do lateral Madson, do Vasco.

A direção do Grêmio ainda busca um centroavante para tomar conta da camisa 9, mas não encontrou a melhor opção.

Além do Gauchão, o Grêmio joga nos dias 14 e 21 de fevereiro, a Recopa Sulamericana - valendo taça entre o Campeão da Libertadores e o Campeão da Sulamericana (Independiente). Até lá, o foco do Gauchão será do time de transição, além de alguns dos reforços para a temporada.

A estreia no Gauchão será no dia 17/01 contra o São Luiz, de Ijuí.