Clêmer culpa árbitro pelo placar diante do Grêmio

"Se tivesse as coisas iguais, tenho certeza que não ia acontecer", declarou o treinador do Brasil de Pelotas.

Por
Compartilhe

O técnico do Brasil de Pelotas – Clêmer, não gostou nada da arbitragem de Anderson Daronco, na primeira partida da “Final do Gauchão” que culminou na goleada de 4 a 0 para o Grêmio, neste último final de semana, na Arena.

Clêmer - Treinador do Brasil de Pelotas.Clêmer - Treinador do Brasil de Pelotas.

Segundo Clêmer, o árbitro interferiu diretamente no resultado da partida após a expulsão do lateral-direito Éder Sciola, ainda na primeira etapa do jogo quando este estava em 0 a 0 – que na visão do ex-goleiro, foi injusta.

“Dentro do que havíamos planejado, as coisas estavam acontecendo. Na verdade, o Daronco estragou a partida. Poderia ser outro jogo. Se tivesse as coisas iguais, tenho certeza que não ia acontecer (a goleada)”, destacou Clêmer, em entrevista coletiva após a partida.

Com a expulsão de seu jogador, o Brasil de Pelotas, que já era mais “inferior” ao Grêmio, não conseguiu segurar a pressão Tricolor, o que deixou Clêmer visivelmente irritado.

Ainda falando a respeito do jogo, o técnico do Brasil de Pelotas declarou que no primeiro tempo, a melhor chance havia sido de seu time.

“Na primeira etapa a melhor chance foi nossa, no cruzamento do Artur que o Clayson errou a cabeçada. O Grêmio tinha mais posse de bola, mas não conseguia penetrar nosso bloqueio. A proposta de jogo era essa”, finalizou o técnico.

Com o placar adverso, o time comandado por Clêmer precisará de um milagre no estádio Bento Freitas, em Pelotas, no próximo domingo, às 16 horas para ser Campeão – um novo 4 a 0 a favor do time da casa, a partida será definida nas cobranças de pênaltis; a partir de 5 a 0, o Brasil de Pelotas leva a taça – algo que é bastante complicado perante a qualidade técnica do time comandado por Renato Gaúcho.

Comentários