Inter sufoca Grêmio, vence por 2-0 mas Tricolor se classifica

Foi um GreNal muito pegado e cheio de empura-empurra; teve superação colorada e classificação gremista.

Por
Compartilhe

Até o apito inicial da partida de volta destas quartas de finais do Gauchão, a classificação gremista era uma realidade irrefutável, mas muito se engana quem imagina que o Internacional se daria por vencido. Não era uma tafera fácil, no entanto, depois de levar 3-0 na Arena do Grêmio, o time comandado por Odair Hellmann entrou em campo disposto a buscar uma vitória com dignidade. A pressão com marcação em cima e com individualidades em D'alessandro, Nico Lopez e Patrick, o Inter chegou a marcar 2-0. Apesar do esforço, foi insuficiente para deixar no Beira-Rio a classificação. D'ale e Nico marcaram. 

Leia também:

O Jogo

Podem haver três GreNais seguidos e completamente diferentes entre si? Pode! Se no GreNal 413 o que se viu foi um Grêmio fulminante no primeiro tempo e um Inter dominante no segundo; no GreNal 414 se viu um Inter fechado no primeiro tempo e um Grêmio sobrando no segundo. Mas neste GreNal 415 tivemos jogadas pesadas, ríspidas, muita reclamação e ânimos aflorados para todos os lados.

Leandro Vuaden, o árbitro, teve trabalhoLeandro Vuaden, o árbitro, teve trabalho

Além disso, o Internacional - precisando do resultado - saiu para o jogo e dominou praticamente o jogo todo. O time gremista não tinha Maicon (poupado) e Geromel (Seleção); mesmo com a opção de Arthur, Renato Portaluppi optou por deixar o volante no banco de reservas. Com esta configuração e a presença de Cícero na meia, o Grêmio teve muita dificuldades de trocar os habituais passes e de manter a posse de bola - tanto que o Tricolor trocou menos de 300 passes durante o jogo, quando normalmente passa muito disso. O escape gremista para tentar agredir o adversário estava nos pés de Everton, que chegou a criar oportunidades pelo lado esquerdo de campo, mas que não resultaram em chances efetivas de gol. E uma das poucas chances criadas por Luan, o camisa 7 chutou cruzado e obrigou Marcelo Lomba a fazer defesa providencial para evitar a abertura do placar. 

A estratégia de Renato em fazer o time ir para o intervalo com o empate foi por água abaixo quando, em cobrança de escanteio, Bressan (substituto de Geromel) agarrou Gabriel Dias na área, o árbitro Leandro Vuaden viu e assinalou penalidade máxima para o time da casa. Nico Lopez pegou a bola, bateu com categoria, tirou Marcelo Grohe da "foto" e abriu o placar.

Pênalti bem cobrado e esperançaPênalti bem cobrado e esperança

Quando todo mundo pensava que o treinador do Grêmio pudesse fazer alterações para não passar tantos sofrimentos na segunda etapa, Renato bancou o time que já estava em campo e o Grêmio tentou impôr seu jogo nos minutos iniciais, teve chance com Jael, mas Marcelo Lomba estava lá para defender o Inter. Aos 13 minutos outra chance clara de gol colorada, depois do cruzamento de D'alessandro, Nico Lopez bateu para o chão e obrigou Marcelo Grohe a fazer grande defesa; na sobra Gabriel Dias bateu rasteiro e viu a bola ir para fora.

As ações coloraodas passavam sempre pelos pés de D'alessandroAs ações coloraodas passavam sempre pelos pés de D'alessandro

A partida ficaria ainda mais dramática depois de falta marcada para o Inter, D'alessandro bateu com perfeição e surpreendeu Grohe para ampliar o placar. Golaço! 

A bola foi no ânguloA bola foi no ângulo

Mais um gol levaria o jogo para a disputa de pênaltis, mas a pressão desde o primeiro minuto fez os jogadores vermelhos cansarem significativamente. Foi só então que o Grêmio, já com Arthur, Alisson e Michel em campo, teve mais grama para correr e até levar certo perigo com Cícero e Luan. A arbitragem ainda concedeu sete minutos de acréscimo na etapa final, mas o inter não teve mais forças para buscar o resultado. 

Gremistas comemoram com a torcida a classificaçãoGremistas comemoram com a torcida a classificação

Fala Odair

O treinador colorado agradeceu a força da torcida e lamentou o quase: "Quando o Beira-Rio ruge deste jeito, é bonito. O time se fortalece. Obrigado, torcedor, pelo apoio. Foi lindo. Nos ajudaram muito. Os jogadores deixaram tudo no campo. Tentamos nos classificar até o fim. A diferença foi o escore. Trabalharemos para seguir adiante nas próximas competições, avaliou Odair.

Fala Renato

"Eu vi o Internacional, com todo respeito, bem diferente dos últimos Gre-Nais. Tivemos um erro infantil no pênalti. E fizeram outro gol de bola parada. A jogada do Inter era bola aérea. Bola aérea. Com a bola rolando, quais foram as oportunidades do Internacional? Que fique claro uma coisa: o Grêmio não disputa um campeonato com o Internacional. Disputava uma classificação. Um mês atrás, tinha gente falando que ia cair. Eu banquei a classificação. Eliminamos nosso rival, estamos na semifinal", disse Renato.

E agora?

O Grêmio pega agora o Avenida no próximo domingo, no Estádio dos Eucaliptos, às 16h. O Inter terá um período de treinamentos até o dia 14 de abril, quando estreia no Brasileirão contra o Bahia. 

 

Comentários