Pelé recebe a honraria de "Embaixador" do Campeonato Carioca

De andador, Pelé sobe no palco durante cerimônia de apresentação do Campeonato Carioca-2018 e brinca com as pessoas presentes.

Por
Compartilhe

A bola começará a rolar pelo Campeonato Carioca nesta próxima terça-feira – 16 de janeiro, mas antes disso, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro – FERJ, apresentou nesta segunda-feira em cerimônia realizada na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, Pelé, o maior jogador de todos os tempos como o “Embaixador do Campeonato Carioca.

Pelé durante sua explanação brinca com os expectadores.Pelé durante sua explanação brinca com os expectadores.

Com auxílio de um andador, o Rei brincou dizendo que “essas são as suas novas chuteiras”.

“Em primeiro lugar quero dizer uma coisa a vocês. Eu conversava com meu assessor, Pepito, e também com os patrocinadores e eles disseram que: “Você vai entrar com andador companheiro?”. Eu brinquei: “Pela primeira vez que Deus me deu uma chuteira nova, porque eu não vou mostrar? Deixa eu mostrar”, disse Pelé em tom de brincadeira.

Em jogos festivos no Rio de Janeiro, Pelé usou várias camisas de clubes cariocas, como a camisa do Flamengo, Fluminense, Vasco e Olaria, mas foi com a camisa do Santos que ele brilhou nos gramados do Rio de Janeiro, onde venceu uma Libertadores, o Mundial e a Recopa Sul-Americana. Ainda no Maracanã, Pelé marcou o seu gol de número 1000.

Em sua explanação durante a cerimônia desta manhã na apresentação do Campeonato Carioca, Pelé também declarou que sua primeira camisa foi à cruz-maltina, onde ele vestiu a mesma durante um amistoso ao qual participou de um combinado do Vasco e Santos.

Pelé durante um amistoso entre combinado do Santos e Vasco.Pelé durante um amistoso entre combinado do Santos e Vasco.

“Quero aqui aproveitar para em primeiro lugar agradecer a Deus, pois recebi muitas mensagens de boa recuperação do mundo inteiro. Depois que eu parei estou pagando tudo, mas graças a Deus estou ainda aqui. Muitos não imaginam a minha alegria por poder estar com saúde e ao mesmo tempo poder estar aqui, hoje, neste evento. Pouquíssimas pessoas sabem que a culpa de toda a minha carreira, embora eu passasse o tempo como profissional do Santos Futebol Clube, mas o início da minha vida no futebol, com 15 anos, foi aqui no Vasco. Foi num combinado entre Santos e Vasco, que eu joguei pela primeira vez. Nesta mesma época teve uma convocação para a Copa Roca. Fui convocado pela primeira vez, e o Brasil foi Campeão. Fico feliz por estar aqui no Rio de Janeiro, onde tudo começou. Meu muito obrigado!”, finalizou o maior jogador de futebol de todos os tempos.

Após a explanação do “Rei”, o presidente da FERJ, Rubens Lopes Filho, revelou que o grande objetivo desta edição do Campeonato Carioca é a luta contra a violência no futebol do Rio.

“Queremos a volta do público em nossos estádios. Estamos trabalhando, juntamente com todos os clubes, órgãos de segurança e com o poder judiciário, no combate contra a violência. Seremos firmes no combate contra essa praga que afasta as famílias de nossos estádios. Para competição, audiência, interesse e visibilidade nacional e internacional, nós já conseguimos. Nossa busca é pela paz nos futebol e não vamos desistir”, declarou Lopes Filho.

Vale lembrar que o Campeonato Carioca inicia amanhã e abrindo a rodada, Botafogo e Portuguesa-RJ farão a estreia do torneio, no estádio Nilton Santos. A rodada seguirá na próxima quarta, com jogo entre Flamengo e Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, bem como o Fluminense, que irá enfrentar o Boavista, em Bacaxá. O Vasco fará sua estreia na quinta, contra o Bangu, em casa.

 

Comentários