Vasco vence Botafogo por 3-2 com grave lesão de João Paulo

Vitória do Vasco e classificação do Botafogo vai colocar os clubes frente a frente na semifinal da Taça Rio.

Por
Compartilhe

O Vasco saiu de campo vencedor no duelo contra o Botafogo, neste domingo. A partida - que teve uma grave lesão do capitão do Botafogo, João Paulo - terminou 3-2 para os visitantes, no Engenhão. A vitória paralela do Flamengo sobre a Portugueza-RJ classificou também o Botafogo e, na próxima quarta-feira, os clubes voltam a se enfrentar, agora pela semifinal da Taça Rio. 

Logo no início da partida, um lance triste. Uma dividida forte entre Rildo e João Paulo, aos dois minutos de jogo, fraturou os dois ossos da canela (tíbia e fíbola) de João Paulo; ele foi operado ainda na noite de domingo. As cenas foram fortes. 

Leia também:

Começo de jogo tristeComeço de jogo triste

Ironicamente, depois de uma dividida com Marcinho, aos 16 minutos, Rildo levou a pior e teve uma luxação no ombro. O jogador do Vasco, que levou apenas cartão amarelho na jogada com João Paulo, teve de sair de ambulância da partida e para por até um mês. 

Depois dos lances ríspidos e lesões, o Botafogo teve superioridade na posse de bola, tentou marcar o gol com Marcos Vinícius e Igor Rabello, mas a bola parou no peito de companheiro Brenner ou nas mãos de Martín Silva. Então o Vasco conseguiu construir jogadas mais contundentes até chegar ao seu gol - primeiro com Riascos recebendo dentro da área (depois de um corta-luz de Paulinho) e concluir de letra para abril o placar. 

Riascos marcou um belo gol de letraRiascos marcou um belo gol de letra

Minutos mais tarde, Ríos recebeu e concluiu de pé esquerdo para ampliar para o Vasco. 

No segundo tempo o Botafogo ensaiou uma reação. Nos primeiros minutos da segunda etapa, o árbitro marcou pênalti para o Botafogo. Rodrigo Lindoso cobrou com tranquilidade e descontou. 

O Botafogo ainda chegou ao empate com Brenner, usando uma touca por conta do corte sofrido no primeiro tempo, o centro-avante não hesitou em colocar a cabeça para empatar depois do cruzamento de Marcinho. 

Brenner sofreu um corte na cabeça, mas não temeu cabecear para empatar o jogo naquele momentoBrenner sofreu um corte na cabeça, mas não temeu cabecear para empatar o jogo naquele momento

Quando o jogo se encaminhava para um empate, aos 38 do segundo tempo, Pikachu deu passe cruzado na área do Botafogo e encontrou o jovem Paulinho livre de marcação para dar números finais ao jogo e a vitória ao Vasco.

Paulinho deu a vitória ao VascoPaulinho deu a vitória ao Vasco

A vitória classificou o Vasco na primeira posição do Grupo B; o Botafogo ficou com a segunda posição do Grupo C. A outra semifinal será entre Fluminense (primeiro do Grupo C) e o Flamengo (segundo o Grupo B). 

Fala Treinador

O técnico Valentim, do Botafogo, esbravejou contra a arbitragem após a partida: "Não é a primeira vez que Botafogo é prejudicado escandalosamente no começo de jogo. A reação de todos os jogadores em campo, todos sabiam que tinha sido grave. Imediatamente falei ao quarto árbitro, mandei aquecer outro jogador. São quatro árbitros auxiliando. Uma entrada muito forte. E ninguém... Se esse cidadão não viu, como ninguém consegue ajudá-lo?"

Já o técnico Zé Ricardo comentou a vitória sobre o Botafogo: "Botafogo teve se que expor, mas construímos mais chances. Cobro bastante. Somos uma equipe que joga pelo chão. Mesmo com a vitória apresentamos alguns detalhes que precisamos corrigir para quarta-feira. Vamos tentar fazer um bom jogo que o alto nível exige."

E você acha que o árbitro deveria ter expulso Rildo pela jogada que gerou a grave lesão de João Paulo? Deixe um comentário.

 

Comentários