Mais um ato de racismo foi registrado no futebol brasileiro - desta vez atingiu um dos jogadores do Flamengo. Vinicius Júnior sofreu injúrias raciais após ter sido expulso poucos minutos depois de entrar em campo no duelo diante do Botafogo no último final de semana, no estádio Nilton Santos.

O jovem atacante flamenguista foi hostilizado pela torcida do Botafogo em quanto se dirigia aos vestiários.

O caso poderá parar no Tribunal de Justiça Desportiva, do Rio de Janeiro. O procurado do TJD-RJ, André Valentim, analisará as imagens do clássico e irá avaliar se cabe ou não denúncia por injúria racial.

Através de suas redes sociais, a direção do Flamengo repudiou tais ofensas sofridas por Vinicius Júnior. O jovem atacante do Rubro-Negro foi muito hostilizado por torcedores do Alvinegro, mas o que mais chamou a atenção foi um vídeo que viralizou após o jogo, aonde uma senhora desfere contra o jogador palavras de cunho racial; por meio de leitura labial é possível entender o que ela fala.

Além deste episódio do último sábado, outros já marcaram a passagem de Vinicius Júnior no clássico contra o Botafogo - como em agosto do ano passado, aonde a família do jovem jogador sofreu ofensas raciais também no estádio Nilton Santos, em partida válida pela Copa do Brasil. Na ocasião a mãe do jogador prestou queixa na Polícia e o agressor foi identificado e detido.