Estamos falando do meio-campista Valdívia, que fora substituído no intervalo do jogo diante o CSA - pela Série B do Brasileirão 2020, quando foi anunciado que seu teste para a COVID-19 tinha dado positivo. Mas antes disso, o atleta atuou toda a primeira etapa normalmente; já estando contaminado com o vírus.

Avisado pela CBF

O clube catarinense fora avisado pela CBF somente no decorrer da primeira etapa do jogo de que Valdívia estava positivado para a COVID-19 e assim que chegou ao vestiário, o meia foi comunicado pelo clube e deu lugar para Renato na segunda etapa. Valdívia está assintomático para o Coronavírus.

Comunicado do Avaí

Logo após o término do confronto diante do CSA - pela Série B do Brasileiro, o Avaí comunicou que seu jogador tinha testado negativo antes da viagem para Alagoas, no entanto, os jogadores foram novamente submetidos a novos testes no sábado pela manhã e aí que Valdívia foi pego com testagem positiva para o vírus. Sobre o caso "Valdívia", a Confederação Brasileira de Futebol não se manifestou até o momento.

Já o técnico Mozart - do CSA ao ser questionado em sua coletiva pós-jogo sobre o risco de contaminação aos jogadores de sua equipe, ele apenas disse que a questão é de responsabilidade da CBF e do Avaí.

Valdívia deverá ficar isolado em Maceió pelo prazo de 10 dias, até a realização de novos exames para poder ser autorizado a retornar a Florianópolis.