Com o fim de mais uma rodada na Série B - do Brasileirão 2020, onde América-MG e Chapecoense garantiram matematicamente suas classificações a "elite" do futebol nacional, deixando assim, duas vagas ainda em aberto, viram também o Cruzeiro (um dos grandes do futebol brasileiro) dar praticamente adeus as suas chances de subir a Série A nesta temporada, sendo com isso o primeiro time grande a cair num ano e não conseguir subir no ano seguinte.

10 equipes seguem na busca pelas duas vagas a Série A do Brasileirão em 2021

Depois do Cruzeiro voltar a tropeçar diante do lanterna Oeste, nesta última quarta-feira, 10 times seguem com reais chances de conquistarem uma das duas últimas vagas a Série A do Brasileirão, segundo informações do matemático Tristão Garcia - do site "Infobola.

Com a 35ª rodada da Série B - do Campeonato Brasileiro 2020 iniciando nesta quinta-feira, confira aqui as probabilidades dessas equipes em se garantirem na "elite" do futebol nacional ainda em 2021.

Chance de acesso dos times

3º: Cuiabá - 85% (55 pontos)

4º: CSA - 50% (52 pontos)

5º: Juventude - 41% (52 pontos)

6º: Avaí - 48% (48 pontos)

7º: Guarani - 7% (48 pontos)

8º: Ponte Preta - 4% (48 pontos)

9º: Operário - 3% (48 pontos)

10º: Brasil de Pelotas - 1% (47 pontos)

11º: CRB - 1% (46 pontos)

12º: Sampaio Corrêa - 1% (45 pontos)

Já na briga contra o rebaixamento, o lanterna Oeste que "derrubou" o Cruzeiro na rodada passada, poderá cair já nesta próxima, onde para isso basta não vencer o Confiança ou ainda depender de um desses resultados a seguir:

  • Vitória - não perder e ou
  • Paraná - ganhar e ou
  • Figueirense - ganhar

Assim sendo, confira comigo o risco de rebaixamento das últimas equipes na Série B - do Brasileirão.

Risco de rebaixamento

20º: Oeste - 99%

19º: Botafogo-SP - 93%

18º: Figueirense - 72%

17º: Paraná - 66%

16º: Vitória - 46%

15º: Náutico - 22%

14º: Confiança - 2%

A diferença de pontos entre o primeiro time dentro do "Z4" (Paraná) e o Vitória, é de apenas 2 pontos; 36 contra 38 pontos, respectivamente.