Conselho Deliberativo do Figueirense nega que tenha pedido a saída do clube do Brasileirão - Série B

“O Figueirense Futebol Clube informa que não foi comunicado pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF sobre o pedido feito pelo ex-presidente – Claudio Honigman, de abandonar a disputa do Campeonato Brasileiro", diz nota do Conselho.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Sem essa de abandonar o Brasileirão! Essa é uma resposta do Figueirense a decisão tomada pelo presidente da Elephant que enviou um comunicado a Confederação Brasileira de Futebol pedindo a retirada do clube catarinense da Série B.

O Conselho Deliberativo do Figueirense disse que jamais cogitou a desfiliação ou o abandono do Campeonato Brasileiro - Série B. O pronunciamento é uma resposta a informação publicada pelo site "globoesporte.com", onde esse informava que o clube de Santa Catarina havia comunicado oficialmente a CBF de sua retirada da Série B.

Figueirense até segunda ordem continua honrando com seus compromissos dentro da Série B.
Figueirense até segunda ordem continua honrando com seus compromissos dentro da Série B.

Na verdade houve sim uma formalização junto à entidade máxima do futebol brasileiro, mas feita pelo presidente da Elephant - Cláudio Honigman - empresa que administra o clube desde 2017.

Ainda de acordo com o conselho do clube, o setor jurídico está analisando o caso e aproveitou para informar que o jogo desta terça-feira, diante do Bragantino, em Florianópolis, às 21h30, está mantido, ou seja, confirmado.

A CBF a partir de agora irá avaliar a eficácia da decisão, visto que na última quinta-feira, o Conselho Deliberativo do Figueirense havia divulgado um documento comunicando que o contrato mantido entre a entidade e a empresa administradora do clube, teria sido desfeito.

Assim, a CBF irá enviar o comunicado ao STJD para que o caso seja analisado. Se a documentação for considerada válida, o clube catarinense poderá estar sujeito ao regulamento do campeonato, que prevê suspensão automática do time de todas as competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol - isso incluindo o setor profissional e o de base. Se confirmado for e o Figueirense acabar sendo suspenso, o clube corre o risco de ter que voltar após cumprir a pena, a disputar o Campeonato Brasileiro pela "Série D" .

O Figueirense emitiu uma nota oficial negando a saída do Campeonato Brasileiro, conforme descrita abaixo:

"O Figueirense Futebol Clube informa que não foi comunicado pela Confederação Brasileira de Futebol - CBF sobre o pedido feito pelo ex-presidente - Claudio Honigman, de abandonar a disputa do Campeonato Brasileiro. Nas próximas horas, a equipe jurídica do clube encaminhará a CBF toda a documentação necessária para desmentir a intenção de desistir da disputa. O clube comunica que nunca cogitou a desfiliação ou o abandono do Campeonato Brasileiro. O jurídico do clube analisa o caso. Com isso tranqüilizamos a Nação Alvinegra e informamos que a partir desta noite, contra o Bragantino, no estádio Orlando Scarpelli, está confirmado. Contamos com a presença e o apoio de nossa imensa e apaixonada torcida".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal