Tiago Nunes, Roger Machado ou Mozart; qual você escolheria? Sim, esses são os nomes atuais especulados pelo Coritiba, que neste final de semana demitiu o técnico Jorginho, após dois maus resultados em sequência no Campeonato Brasileiro.

Os dois primeiros parecem que neste ano não voltam a comandar time algum, já Mozart, ex-auxiliar técnico do próprio "Coxa" e hoje técnico do CSA, surge então com muita força para desta vez comandar o time no restante da temporada, agora falta saber se ele aceitará o convite.

Além desses já citados, outros nomes estariam nesta lista da direção, bem como: Ney Franco e Vanderlei Luxemburgo; sim, Luxemburgo também está entre os possíveis nomes para assumir o Coritiba. Tem também alguns outros empregados, como é o caso de Guto Ferreira (Ceará) e Felipe Conceição (Guarani).

No entanto, a situação do "Coxa" é bastante complicada, uma vez que o responsável pela escolha do novo comandante técnico segue internado na UTI; falamos aqui de Paulo Pelaipe que contraiu a COVID-19 e está em tratamento.

Eleição presidencial

Se não bastasse a situação no Brasileirão, do seu dirigente, o futuro treinador do time paranaense ainda terá que saber administrar o grupo em meio ao período eleitoral do clube. A eleição presidencial está marcada para o dia 12 de dezembro.

Enquanto busca um novo nome traçado no perfil desejado pela direção, o "Coxa" poderia ser comandando de forma interina por Wellerson, porém, esse por respeito a Jorginho pediu para deixar a equipe, complicando de vez a situação do clube na temporada.

O Coritiba só volta a campo no próximo final de semana, quando encara o Atlético-GO, no Couto Pereira, às 19h, do sábado, em partida válida pela última rodada do returno do Brasileirão 2020.