Nada feito para o Grêmio fora das quatro linhas. Estamos falando do pedido gremista ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD quanto à solicitação de anulação da partida contra o São Paulo, realizada no último final de semana.

Neste pedido, Otávio Noronha - presidente do STJD indeferiu o pedido gremista, onde em seu despacho, o mesmo disse que o clube pretende "discutir supostos erros de interpretação na aplicação de dois cartões vermelhos e da "não" marcação de duas penalidades máximas pela arbitragem e não erros diretos".

"Acresça-se que as questões relativas à suposta irregularidade na modificação da escala de arbitragem, não se equiparam de jeito nenhum aos erros de direito em decisões da arbitragem, e deverá se for o caso, ser levada ao foro adequado", declarou o relator.

Segundo informações vindas do Grêmio, através de seu advogado - Leonardo Lamachia, esse revelou que o clube gaúcho irá recorrer da decisão.

São Paulo

Vale lembrar que na última terça-feira, o mesmo tribunal já havia indeferido pedido semelhante por parte do Tricolor Paulista, que pedia a anulação do confronto diante do Atlético-MG; medida essa tomada após o prazo previsto pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva.