Líder e melhor time do campeonato até o momento, o Atlético-MG se coloca como principal candidato ao título chegando no fim do primeiro turno. E, para se manter com tranquilidade no topo da tabela de classificação, o Galo tem um importante duelo neste fim de semana: Enfrenta o Goiás, em casa, neste sábado, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com boa vantagem na 1ª posição da tabela de classificação, o time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli necessita de uma vitória diante de um dos times mais fracos do campeonato. Justamente por isso, um resultado positivo neste sábado é tido como "obrigatório" internamente.

Atlético-MG x Goiás; Onde assistir

O duelo entre Atlético-MG e Goiás, que acontece neste sábado, às 21h, e que é válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, terá transmissão exclusiva da plataforma de pay-per-view Premiere, para os assinantes de todo o Brasil.

Vale lembrar que o Premiere, que pertence ao Grupo Globo, comprou a maioria dos direitos de transmissão da competição. Além do grupo Globo, que transmite algumas partidas na TV aberta, a Turner também é dona de parte dos direitos de transmissão na TV fechada.

Provável Atlético-MG tem dúvida no meio e ataque

Para a partida deste sábado, o técnico Jorge Sampaoli segue sem poder contar com Savarino, Franco e Alonso, que estão representando suas seleções na data FIFA. Com isso, a única dúvida fica entre Nathan e Hyoran no meio-campo e entre Marquinhos e Marrony no ataque.

A provável escalação do Atlético-MG deve ter: Everson; Guga (Mariano), Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Jair, Allan e Nathan (Hyoran); Keno, Eduardo Sasha e Marrony (Marquinhos).

Depois da derrota diante do Fortaleza na última rodada, o técnico Jorge Sampaoli comentou sobre o desempenho do time neste início da competição, e sobre os resultados:

"O problema foi muito mais ofensivo do que defensivamente. Enfrentamos uma equipe que ficou praticamente o jogo todo na sua área. E isso nos deu poucas jogadas. Acabamos perdendo uma partida que poderíamos ganhar, faltou para a gente poderio ofensivo." comentou Sampaoli.