Atenção, o Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo comunicou nesta quinta-feira que deverá acionar a Justiça caso a Confederação Brasileira de Futebol decida manter o jogo entre Palmeiras x Flamengo, marcado para esse final de semana, no Allianz Parque - em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão.

A entidade acredita que essa partida poderá trazer riscos para todos os atletas envolvidos, assim sendo, o Sindicato deseja que a entidade máxima do futebol adie esse confronto.

"A situação do confronto entre Palmeiras x Flamengo, marcado para o domingo (27 de setembro), possui fortes probabilidades de risco de vida aos atletas profissionais e demais membros dos clubes. O nosso médico, Dr. Renato Anghinah, está em contato com especialistas da área de infectologia para que tenhamos uma posição técnica que possa comprovar esse risco", declarou o Sindicato através de uma nota oficial.

Se caso esse risco for realmente comprovado por esses especialistas, o Sindicato acima citado prometeu entrar com adiamento deste confronto junto a Justiça.

Vale lembrar que na última terça-feira, o Flamengo já havia enviado a CBF um ofício onde solicitava a mudança de data do confronto diante do Palmeiras - muito pelos novos casos de jogadores infectados com a COVID-19. Nesta mesma terça, o time do Rubro-Negro entrou em campo sem sete titulares - todos esses infectados com o novo Coronavírus, no jogo válido pela fase de grupos da Libertadores, diante do Barcelona de Guayaquil, no Equador, onde venceu por 2 a 1.

Desde então, os casos dentro do Flamengo só aumentaram, chegando ao absurdo número de 27 pessoas infectadas - aqui entre jogadores, comissão técnica e direção. Só entre os atletas, são 16 testes positivos.

Por outro lado, o Palmeiras no mesmo dia veio a público para afirmar que era contra o adiamento do jogo, onde no dia posterior, o Secretário-Geral da CBF - Walter Feldman afirmou que a mudança de data deste confronto era pouco provável. Aguardemos por novas informações a respeito!