Quedas sem fim no Brasileirão! Sim, mais um treinador foi demitido neste início de Campeonato Brasileiro; o nome da vez é Roger Machado, que após sofre uma goleada para o Flamengo, por 5 a 3 diante do Bahia, o profissional em questão não conseguiu segurar seu emprego no time de Salvador.

Com uma pressão imensa nos últimos dias, a direção do clube baiano não conseguiu segurar o treinador Roger Machado e após mais um resultado ruim no Brasileirão 2020, não tiveram outra escolha a não ser confirmar a saída do mesmo. Decisão essa que fora divulgada através de nota oficial.

Ainda cobrada pela necessidade de reforços, o presidente do Bahia - Guilherme Bellintani declarou que irá aguardar a chegada de um novo treinador para ir em busca desses. De acordo com o dirigente, as lacunas serão preenchidas pela direção, no entanto, há a necessidade imediata de encontrar um novo comandante técnico para somente depois em conjunto com esse, avaliar a necessidade desses possíveis reforços.

"Eu acho que está claro que temos algumas carências. Isso vai ser avaliado pelo novo treinador. Que a gente tem algumas necessidades em relação ao time titular, eu não tenho a menor dúvida. O time tem apresentado algumas lacunas. Mas, às vezes as soluções estão dentro de casa", declarou o mandatário.

Mesmo reconhecendo a necessidade de reforços, o presidente do Bahia declarou que não irá tomar qualquer medida a respeito para amenizar a crise vivida pelo clube, antes de encontrar um nome que possa dirigir o Bahia na sequência do Brasileirão.

"Eu sempre digo que a contratação por si própria, apenas para dar uma resposta num momento de pressão, momento de maior dificuldade, não é o nosso perfil. Nós não vamos contratar para dar resposta para nada. Eu acredito que temos como buscar soluções dentro do próprio elenco para as dificuldades que a gente vem enfrentando. Se não for possível, aí, sim, vamos analisar o mercado", finalizou o presidente do clube baiano.