Depois de seis derrotas seguidas, Eduardo Barroca e o diretor de futebol - Rodrigo Pastana - foram demitidos do Coritiba logo após mais uma nova derrota do "Coxa" - a quarta no Brasileirão 2020.

Com mais uma derrota - agora diante do Corinthians, o Coritiba segue sem pontuar na Série A - do Brasileirão, onde ocupa a lanterna da competição.

A confirmação da demissão de Barroca e Pastana foi dada através das redes sociais do clube. Barroca que foi o primeiro treinador a ser demitido neste Brasileirão, deixa o Coritiba após 11 vitórias, 3 empates e 8 derrotas - com um aproveitamento de 54%.

Eduardo Barroca - treinador demitido do Coritiba - Imagem: site oficial do Coxa
Eduardo Barroca - treinador demitido do Coritiba - Imagem: site oficial do "Coxa"

Enquanto não encontra um substituto ao cargo de treinador, o auxiliar técnico - Mozart irá comandar a equipe de forma interina no próximo compromisso do time no Brasileirão, no domingo, diante do RB Bragantino - em partida válida pela quinta rodada da competição.

Entre os nomes cogitados a assumir a função em aberto nesta quarta-feira, está o de Jorginho - um velho conhecido dos torcedores do "Coxa". Ruy Costa surge como um dos nomes preferenciais para assumir o departamento de futebol, segundo informações do "blog da Nadja".