O Campeonato Brasileiro vem sobrando em emoção neste início da edição 2020. Com muitas surpresas e um equilíbrio muito maior do que o esperado entre os times, a principal competição do futebol brasileiro vem agradando os amantes do futebol. E, nesta quarta-feira, um dos concorrentes ao título entra em campo: O Internacional enfrenta o Atlético-GO, em casa, em partida válida pela 4ª rodada do campeonato.

Depois da derrota para o Fluminense na última rodada, pelo placar de 2x1, o time comandado pelo técnico argentino Eduardo Coudet busca agora mais um triunfo atuando em casa, para se manter firme nas primeiras posições da tabela de classificação, e com isso, se manter firme e forte na briga pelo título nacional. Agora, o momento é de se recuperar, e mesmo que o adversário da rodada esteja em um excelente momento, a tendência é de que a equipe colorada seja amplamente favorito para o duelo.

Confira a provável escalação do Inter para o duelo com o Atlético-GO

Para a partida, o Internacional deve ir a campo com praticamente o mesmo time que foi derrotado pelo Fluminense, com exceção de Guerrero, que, lesionado, não atua mais na temporada. Com isso, o time deve ser escalado com: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel (Rodrigo Moledo), Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Marcos Guilherme e Patrick; Thiago Galhardo e William Pottker (Yuri Alberto).

Depois da derrota para o Fluminense, fora de casa, o técnico Eduardo Coudet falou sobre o desempenho do time neste início de campeonato, e também fez críticas sobre a qualidade do atual elenco colorado:

"Eu acho que sempre a pergunta que vocês falam é cobrando. Se eu boto o Fuchs, tem problema porque botei Fuchs e falam do Moledo. Mas depois, acha que tem que jogar os jogadores da base. Agora, jogou o Zé Gabriel. Eu acho que fez uma partida muito importante. Quando eu cheguei aqui, já disse: entendo todos os problemas financeiros. Mas também acho que é responsabilidade da diretoria e da comissão técnica. Entrou desde que começamos, US$ 14 milhões. É um trabalho de todos. Tratamos de fazer o melhor. Mas seguramente sempre escuto a pergunta difícil. Me pedem jogadores que nem estrearam. Não compreendo." disse o treinador.