Depois de mais um resultado nada satisfatório na Série A - do Brasileirão, com derrota para o Sport Recife, fora de casa e a consequente demissão do técnico Marcelo Chamusca, o Fortaleza vai atrás de um profissional com certa bagagem na "elite" do futebol brasileiro para o restante da temporada 2020.

E o nome mais cotado para essa função é de Alberto Valentim - 45 anos, que inclusive chegou a ser cogitado pela direção do "Leão de Pici" logo após a saída de Rogério Ceni, que trocou o time cearense pelo Flamengo, em 2020.

Alberto Valentim e Enderson Moreira

O Fortaleza deve ainda hoje formalizar uma proposta ao profissional aqui em questão e caso este venha a negar o convite, Enderson Moreira será o "ficha 2", no entanto o clube não chegou a procurá-lo ainda.

Para o jogo deste sábado, diante do Grêmio, o auxiliar técnico - Léo Porto é quem deverá comandar o "Leão", pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O jogo será realizado na Arena Castelão.

Marcelo Chamusca

O profissional demitido deixa o Fortaleza em uma posição delicada na tabela de classificação; 15ª colocação do Brasileirão, com 31 pontos - três a mais que o Vasco, primeiro time dentro do temível "Z4" e que joga hoje à noite, em Goiânia, onde encara o Atlético-GO, às 21h.

Sob o comando técnico de Chamusca, o "Leão de Pici" obteve apenas uma vitória, quatro empates e quatro derrotas - um aproveitamento de apenas 40%.