Mano Menezes não é mais treinador do Bahia. O técnico não resistiu a mais um derrota do time sob seu comando e após mais um resultado negativo - agora diante do Flamengo (4 x 3), pelo Campeonato Brasileiro, pediu a direção para ser desligado de suas funções.

Caso lamentável

Nesta mesma partida, um caso lamentável chamou a atenção para o confronto entre Bahia x Flamengo. O meia-atacante do Bahia - Índio Ramírez foi acusado pelo meia Gerson, do Flamengo de injúria racial, onde esse destaca que o jogador do time baiano proferiu a ele as seguintes palavras: "Cala a boca, negro".

O caso será averiguado pelo Bahia e também pela CBF, uma vez que não existem imagem que comprovem a acusação. O Bahia disse em nota que irá analisar tudo antes de tomar qualquer medida com relação ao atleta.

Mano Menezes

Segundo informações da assessoria de imprensa do próprio técnico, ele após mais um revés do Bahia pediu "pra sair" e prontamente a direção deste aceitou o seu pedido de desligamento imediato, onde o clube aqui em questão através de suas redes sociais comunicou o fato desta forma:

"O Esporte Clube Bahia comunica que Mano Menezes não é mais técnico do Esquadrão. Nesta mesma ocasião, aproveitamos para anunciar que, em relação à grave acusação de racismo envolvendo o colombiano Índio Ramírez, o clube se posicionará em breve após finalizar a apuração do caso".

Contratado em setembro deste ano pelo Bahia, Mano Menezes chegou ao Tricolor para substituir Roger Machado; o técnico tinha assinado contrato até dezembro de 2021, porém, permaneceu por três meses no cargo. Sua chegada ao Bahia causou uma boa expectativa por parte da direção e dos torcedores, no entanto, Mano Menezes não conseguiu sanar as falhas defensivas da equipe, onde o Bahia hoje conta com a pior defesa do Brasileirão, com 26 gols sofridos em 46 jogos.

Mano Menezes deixa a equipe do Bahia após 24 partidas sob seu comando técnico, com 8 vitórias, 2 empates e 14 derrotas - o que dá um aproveitamento de 36,1%.