Vamos e combinamos; o Flamengo já era campeão a algumas rodada! Porém, agora matematicamente com a taça na mão, vamos ver como ficaram as chances para a Libertadores e na luta contra o rebaixamento - após o término da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Brasileirão - Série A - 2019.
Brasileirão - Série A - 2019.

Flamengo CAMPEÃO da Libertadores e Brasileirão:

LIBERTADORES - G4 ou G6

Com o rubro-negro conquistando o título do Brasileirão e o mais importante, da Libertadores, mais uma vaga se abriu dentro do Campeonato Brasileiro, ou seja, o que era G6, passou a ser G7 (Athletico entre os seis melhores no momento e Campeão da Copa do Brasil), o que era G7, com o título da Libertadores conquistado no último sábado pelo Flamengo, passou a ser G8. Aqui neste grupo, dentro do G4, além do grande campeão (Flamengo), Palmeiras e Santos já estão classificados matematicamente - o Grêmio que se classificou pelo menos para a "pré-libertadores" no último final de semana, possui hoje 99% de chance de terminar o torneio dentro deste "seleto" grupo dos quatro melhores - se bem que o G4 se transformou em G5, mas com o Athletico na quinta colocação na tabela de classificação, teremos o G6 que dá classificação direta a Libertadores de 2020. Aqui a briga está entre São Paulo e Internacional, que tropeçaram na última rodada - ambos empataram e deixaram de aumentar as suas chances - após o término da 34ª rodada, São Paulo e Inter possuem 64% e 28% de chances de estarem no "G6", respectivamente - mas vejam bem, hoje o São Paulo ocupa a sexta colocação com três pontos de vantagem, com isso, o Colorado terá que vencer praticamente todas as suas últimas quatro partidas e torcer por pelo menos um tropeço do Tricolor-Paulista se esse quiser estar neste "seleto" grupo, que ainda conta com dois concorrentes (matematicamente); aqui falamos de Corinthians e Goiás, que possuem 8% e 1%, respectivamente.

REBAIXAMENTO

Nesta "zona perigosa" com o complemento da 34ª rodada tivemos uma mudança: com a vitória do Fluminense sobre o CSA, combinada com a derrota do Cruzeiro, o clube mineiro viu a equipe carioca o ultrapassar na tabela, ou seja, com a vitória do "Tricolor Carioca" a "Raposa" voltou a "zona da degola" e consequentemente aumentou as chances de rebaixamento, que antes desta rodada era de 31%, subindo agora para 48%. Já rebaixado, o Avaí na próxima rodada poderá ter a companhia da Chapecoense, que conta com 99% de chances de queda - na sequência aparece o CSA - com 94%, Cruzeiro - com 48%, Fluminense - com 37%, Ceará - com 23%, Botafogo - com 5% e Atlético-MG - com apenas 1%.

Nesta quarta-feira já teremos o início da 35ª rodada do Brasileirão, confira abaixo os jogos:

Único
Classificação P J V
1 Flamengo 90 38 28
2 Santos 74 38 22
3 Palmeiras 74 38 21
4 Grêmio 65 38 19
5 Athletico 64 38 18
6 São Paulo 63 38 17
7 Internacional 57 38 16
8 Corinthians 56 38 14
9 Fortaleza 53 38 15
10 Goiás 52 38 15
11 Bahia 49 38 12
12 Vasco 49 38 12
13 Atlético-MG 48 38 13
14 Fluminense 46 38 12
15 Botafogo 43 38 13
16 Ceará 39 38 10
17 Cruzeiro 36 38 7
18 CSA 32 38 8
19 Chapecoense 32 38 7
20 Avaí 20 38 3
Brasileirão Série AFase única
Rodada 38
08/12 - 16:00 - Beira-Rio
INT 2 x 1 CAM
08/12 - 16:00 - Mineirão
CRU 0 x 2 PAL
08/12 - 16:00 - Castelão (CE)
FOR 2 x 1 BAH
08/12 - 16:00 - Arena Corinthians
COR 1 x 2 FLU
08/12 - 16:00 - Vila Belmiro
SAN 4 x 0 FLA
08/12 - 16:00 - Maracanã
VAS 1 x 1 CHA
08/12 - 16:00 - Engenhão
BOT 1 x 1 CEA
08/12 - 16:00 - Ressacada
AVA 0 x 0 CAP
08/12 - 16:00 - Serra Dourada
GOI 3 x 2 GRE
08/12 - 16:00 - Rei Pelé
CSA 1 x 2 SPA
Ver tabela completa